Citroën Argentina - Buenos Aires - AutoClásica - Hipódromo de San Isidro - Buenos Aires - 12 a 15 de outubro de 2018

Uma das maiores exposição de carros antigos da América Latina acontece em San Isidro, na província de Buenos Aires, capital da Argentina, no mês de outubro. A mostra reúne mais de 600 veículos em seu grande espaço e conta com a presença de colecionadores individuais ou não e de vários clubes.

Um que está sempre presente é o Citrobaires, Clube Citroën de Buenos Aires, que conta com ótimo acervo de automóveis da marca francesa de várias décadas que foi fundada por André Citroën, um dos empreendedores de maior sucesso do início do século XX.

Um bom número de carros da marca sempre estão presentes. O modelo popular 2CV foi um dos maiores sucessos. Saiba mais

A versatilidade e o colorido estavam sempre presentes. Vários modelos 2 CV de produção francesa e argentina como o 2 CV AZAM 1969, 3 CV 1971 , 3 CV Prestige e 3 CV 1978 M28. Os modelos foram premiados pelo aniversário de 70 anos do lançamento.

Várias peças fabricadas na Argentina sobre a planta do carro

Uma das variações foi a "furgoneta" Type AU, ano 1961, produção argentina . O modelo com janelas logo atrás da cabine chamava-se Acadiene. Ambas muito usadas por empresas.

A picape foi fabricada também na fábrica inglesa de Slough. E a marinha inglesa, Royal Navy, utilizou muito! Esta é de 1963, apenas 300 modelos fabricados e de produção argentina.

O utilitário Méhari ano 1976, este montado no Uruguai, também com mecânica 2CV, foi fabricado em plástico reforçado com fibra de vidro. Role a página e veja a comemoração do aniversário do mesmo.

O modelo Dyane, este ano 1968, era uma versão mais "luxuosa" do 2CV. A versão picape produzida no Iraque chamava-se Jyane.           

E o Citroën Ami, ano 1974, montado no Uruguai, era também baseado no 2CV era o preferido de Flaminio Bertoni que desenhou Citroën Traction Avant, Citroën 2 CV em 1949, o Citroën DS lançado em 1955, o Citroën HY Van lançado em 1948 e o Citroën Ami em 1961.                

Um belo modelo B14 G de 1928                                                           

E o famoso Traction. Este é de 1947 e ganhou o troféu "European Vintage" na exposição.  Leia mais

Em 1963 era lançado o modelo Panhard PL 24. Este número era em homenagem as glórias conquistadas em Le Mans. Este belo cupê veio do Uruguai. A Citroën assumiu o controle da empresa em 1965.

O troféu recebido pelo clube

E a festa dos membros do clube. Parabéns amigo!

Fonte e fotos: Citroën Club Bs As

Alejandro Beiroa. Mais uma vez Muchas gracias ao amigo Alejandro Beiroa presidente do Clube CitroBaires

Texto e montagem:  Francis Castaings        

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Role a página para ver artigos anteriores

Volte a página principal do site.


Citroën Argentina - Buenos Aires

18º Aniversario del Citroën Club Bs As - 18º Aniversário do Citroën Club Buenos Aires

Para este nuevo aniversario, el Citroën Club Bs As preparó una gran celebración que tuvo los ingredientes perfectos para lograr undía inolvidable:Caravana, almuerzo y el emotivo festejo de los 18 años del club en un lugar único como lo es Torrepueblo. A esto se le sumó un hermoso día de cielo azul, con unatemperatura que anunciaba la llegada de la próximaprimavera.

Así fue que la mañana del domingo 9 de septiembre nos encontraría reunidos en la estación de servicio ACA panamericana, para desde allí tomar la autopista con destino a Benavidez. La caravana fue iniciada por el  Citroën Traction de Luis Laino y tras él partió una gran variedad de modelos, donde había Citroën de todos los colores y para todos los gustos.

En un recorrido sin inconvenientes, llegamos al mediodía a Torrepueblo, en donde nos estaban esperando. Allí se estacionaron los autos y se creó la mixtura de modelos que caracterizó siempre al Citroën Club Bs As y su leitmotiv: Todos los modelos, una sola pasión.

En la plaza central de Torrepueblo se expusieron algunos de los modelos representativos de la Marca, que a modo de escenografía, acompañaron a los socios del club -queya en estas instancias- comenzaban a disfrutar del almuerzo.

Alrededor de las 14hs, aparecieron en escena TheCrooners, que con su jazz&italianpop, le pusieron excelente música a una tarde perfecta. Luego de este gran show musical, comenzamos con los festejos. El aniversario del club es históricamente una de las fechas más emotivas y es un buen momento también, para reconocer a quienes colaboran en forma desinteresada con la Institución.

En esta oportunidad, entregamos 4 reconocimientos, en primer lugar a Torrepueblo, por su excelente y cálida recepción, que nos hizo sentir como en casa, esta distinción fue recibida por Santiago Peyon.Luego, fue el turno de agradecer a los siguientes socios del club: Silvia Racciatti, Luis Lainoy Carlos Sureda, por su permanente presencia y colaboración con el club.

También secontinuó con los habituales concursos, en donde se definían quienes serían los últimos finalistas del año. Los ganadores de la jornada fueron: 

Concurso de elegancia: Citroën 2 CV 6 (origen Francia) de Marcelo Peña.

Citroën Ami 8 1972 de Claudio Migale

Concurso de Originalidad

Citroën 3 CV M28 1979 de NicolasTonarelli.

Citroën Dyane 6 1980 de Gonzalo Santillan.

Auto Contemporáneo:

Citroën  Xsara VTS de Mariano Garrone

Una vez entregados estos premios, realizamos un mega sorteo gratuito entre todos los presentes y allí, Guadalupe y Benjamín nos ayudaron sacando los distintos números de patentes de los vehículos presentes.

Al finalizar la tarde y como broche de oro, vino el momento de  cantar el feliz cumpleaños y disfrutar de la deliciosa torta alegórica. Pasamos una hermosa tarde y desde el CCBA, queremos agradecera todos los que han hecho posible este increíble festejo!!

Fotos:Agradecemos a todos los que han colaborado en este artículocon sus fotografías.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

18º aniversário do Citroën Club Buenos Aires

Para este aniversário, o Citroën Buenos Aires Clube preparou uma grande festa que teve os ingredientes perfeitos para um dia inesquecível: Comboio, almoço e celebração de 18 anos do clube em um lugar como é Torrepueblo (Região metropolitana de Buenos Aires). Num um belo dia de ensolarado, céu azul, com uma temperatura que anunciava a chegada da próxima primavera.

Então, na manhã de domingo, 9 de setembro, nos encontramos no posto de gasolina PanAmerican ACA, de lá pegamos a estrada para Benavidez. O comboio foi conduzido por Louis Laino com um Citroën Traction e atrás uma variedade de modelos, com modelos Citroën de todas as cores e para todos os gostos. Em uma rota sem problemas, chegamos ao meio-dia em Torrepueblo, onde eles estavam esperando por nós.

Lá os carros foram estacionados e o mix de modelos que sempre caracterizou o Citroën Club Bs As e seu leitmotiv (composição ) foi criada: Todos os modelos, uma única paixão. Na praça central da Torrepueblo alguns modelos representativos da marca, que, como cenário, acompanhado de parceiros de outros clubes presentes - começaram a desfrutar do almoço que foi oferecido. Por volta de 14 horas, a banda The Crooners entrou em cena, cujo jazz & italianpop, tornou-se uma ótima música para o ambiente. Logo depois deste grande show musical, começamos com as festividades.

O aniversário do clube é historicamente uma das datas mais emocionantes e é um bom momento também, para reconhecer aqueles que colaboram de forma desinteressada com a Instituição.

Desta vez, foram oferecidos quatro prêmios, primeiro para Torrepueblo, para a sua recepção excelente calorosa , que nos fez sentir em casa, esta distinção foi recebido por Santiago Peyon. que agradeceu  aos membros do clube : Silvia Racciatti, Luis Lainoy Carlos Sureda, pela sua presença permanente e colaboração com o clube. Ele também continuou com as premiações habituais, que definiram quem seriam os finalistas do ano. Os vencedores do dia foram:

Concurso de elegância:

Citroën 2 CV (origem França) de Marcelo Peña. Ami 8 1972 por Claudio Migale

Concurso de originalidade:

Citroën 3 CV M28 1979 por Nicolas Tonarelli.Modelo verde escuro ao fundo

Citroën Dyane 6 1980 por Gonzalo Santillan a direita modelo azul e branco.

Automóvel Contemporâneo:  Citroën Xsara VTS de Mariano Garrone a esquerda na foto

Uma vez que esses prêmios foram entregues, fizemos um grande sorteio entre todos os presentes e, lá, Guadalupe e Benjamín nos ajudaram tirando os diferentes números do sorteio dos veículos presentes.

No final da tarde e como toque final, era hora de cantar o feliz aniversário e aproveitar o delicioso bolo temático. Passamos uma linda tarde e da parte doCCBA (Citroën Clube de Buenos Aires), queremos agradecer a todos que fizeram esta incrível celebração possível!

Vários belos modelos presentes

Como este Citroën 2 CV. Saiba mais

Uma bela tarde Citroën Argentina!

Momentos

Os amigos  e a entrega de certificados

Fonte: Citroën Club Bs As, 9-11-2018. Fotos: Agradecemos a todos aqueles que contribuíram para este artigo com suas fotografias

Texto: Alejandro Beiroa. Mais uma vez Muchas gracias ao amigo Alejandro Beiroa  presidente do Clube CitroBaires

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto, tradução  e montagem:  Francis Castaings        

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Role a página para ver artigos anteriores

Volte a página principal do site.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Se celebraron en Argentina los 50 años del Mehari

Entre los días 25, 26 y 27 de Mayo se llevó a cabo en la localidad de Los Cardales (provincia de Bs As), el tan esperado festejo por los 50 años del Mehari.

Este modelo que fuera presentado en Francia -nada más ni nada menos- que en Mayo de 1968, se comenzó a producir en nuestro país a partir de 1971 y desde ese momento empezó a sumar adeptos, gracias a su filosofía descontracturada y espíritu de libertad.

La organización fue realizada por el "Club Mehari Argentina" y "Pueblos Mehari Uruguay" y contó con el apoyo de Citroën Argentina, más la logística del Municipio de Exaltación de la Cruz.

Esta celebración duró tres días y arrancó el día viernes 25 de Mayo con una colorida caravana multicolor de Meharis en una vistosa travesía por los caminos de Exaltación de la Cruz.

Al día siguiente vino el plato fuerte: La bienvenida la daba un gran arco inflado de Citroën que al cruzarlo se ingresaba en la Plaza Mitre y allí se congregaban todos los Meharis, además de los diferentes modelos Citroën de las distintas épocas.

Con un clima inmejorable, el resultado de este día festivo al aire libre y en familia fue el mejor homenaje para un vehículo que caló hondo en el corazón de distintas generaciones.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os 50 anos do Citroën Méhari foram comemorados na Argentina

Entre os dias 25, 26 e 27 de maio aconteceu na cidade de Los Cardales (província de Buenos Aires), a tão esperada comemoração pelos 50 anos do Méhari.

Este modelo foi apresentado na França em maio de 1968 e começou a ser produzido na Argentina a partir de 1971 e desde então começou a agregar adeptos, graças a sua filosofia descontraída e espírito de liberdade.

A organização foi realizada pelo "Club Méhari Argentina" e "Pueblos Mehari Uruguay" e contou com o apoio da Citroën Argentina, além da logística do Município de Exaltación de la Cruz.

Essa comemoração durou três dias e começou na sexta-feira, 25 de maio, com uma colorida caravana multicolorida de Méharis em uma bela jornada pelos caminhos da Exaltação da Cruz.

No dia seguinte veio o evento principal: Estava um grande arco de boas vindas da Citroën Argentina inflado para ser o ponto de encontro e foi instalado no Mitre Square e lá o aglomerado de Méharis ficaram estacionados, além de outros modelos da Citroën.

Com um clima ótimo, o resultado destas férias ao ar livre, e em família foi, a melhor homenagem a um veículo que caiu no coração de diferentes gerações.

E das crianças também!

Nota: O Citroën Méhari usou a mesma mecânica e do Citroën 2CV

Fotos: Citroën Argentina, 25-5-2018

Texto: Alejandro Beiroa. Mais uma vez Muchas gracias ao amigo Alejandro Beiroa  presidente do Clube CitroBaires

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto, tradução  e montagem:  Francis Castaings        

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Role a página para ver artigos anteriores

Volte a página principal do site.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Caravana a la Ciudad de la Plata - Comboio para a Cidade La  Plata

El domingo 15 de Abril el Citroën Club Bs As realizó una caravana a la Ciudad de la Plata con el objetivo de visitar dos lugares emblemáticos: La Ciudad de los Niños y El Museo Rau.

No domingo, 15 de abril, o Citroën Club Bs As fez uma caravana para a cidade de La Plata com o objetivo de visitar dois lugares emblemáticos: a Cidade das Crianças e o Museu Rau.

Saliendo a las 10.30 hs desde el peaje Hudson de la autopista Buenos Aires-La Plata,  los coches del Citroën Club Bs As se encontraron con Miguel Lavalla en la bajada de Villa Elisa, quien los guió hasta la Ciudad de los Niños, donde un lugar exclusivo estaba esperándonos para poder estacionar todos los vehículos. Allí se sumó el clubCitroneros platenses que le dieron un espectacular marco al evento.

Saindo às 10h30 do pedágio de Hudson da rodovia Buenos Aires-La Plata, os carros do Citroën Club Buenos Aires encontraram Miguel Lavalla no caminho de Villa Elisa, que os guiou até a Cidade das Crianças, um lugar especial que estava nos esperando para estacionar todos os veículos. Lá foi se juntou o clube Platenses Citroners que deu uma estrutura espetacular para o evento.

Luego de pasear y almorzar en la ciudad, partimos alrededor de las 15.30 hs, hacia el Museo del automóvil, colección Rau. Nuevamente encabezó la caravana Miguel Lavalla, quien con maestría nos llevó por la ciudad de las diagonales hasta la anhelada calle 1, donde un histórico edificio del año 1875, cobija un importante fragmento de la historia bonaerense.

Depois de caminhar e almoçar na cidade, a saída se deu por volta das 15h30, em direção ao Museu do Automóvel, coleção Rau. Mais uma vez a caravana levou Miguel Lavalla, que magistralmente nos conduziu pela cidade até a entrada pela Rua 1, onde está um prédio histórico de 1875 que é uma edificação importante  da história de Buenos Aires.

Y precisamente al abrir sus puertas, no recibió uno de sus mentores: Jorge Rau, quien con sus jóvenes 80 años, empezó a contar con pasión, la historia de cada vehículo y de cada objeto presente. En una pausa que hizo Don Jorge Rau, aprovechamos a entregarle una mención en reconocimiento a su extensa e invalorable labor. Luego de recorrer el Museo y sorprendernos en cada rincón, terminamos la visita tomando un rico café en el pintoresco Bar “El Gran Premio”, mientras escuchábamos esa curiosa radio rusa, alimentada a querosén. Al final de la jornada, tanto los chicos como los grandes terminaron felices. Recorrimos dos lugares muy distintos, pero el objetivo fue el mismo,  al fin y al cabo, es como dice el cartel expuesto en el museo: “la diferencia entre un hombre y un niño,  está en el tamaño de sus juguetes”.

E precisamente quando abriu as portas, foram recebidos por seu curador: Jorge Rau, que aos 80 anos começou a contar com paixão, a história de cada veículo e cada objeto presente. Numa pausa, Dom Jorge Rau, recebeu uma homenagem pelo reconhecimento do seu trabalho extenso e inestimável. Depois de passear pelo Museu e nos surpreender em cada parada. Terminamos a visita com um delicioso café no pitoresco Bar "El Gran Premio", enquanto ouvíamos aquele curioso rádio russo, alimentado a querosene.

No final do dia, tanto os meninos quanto os adultos acabaram felizes. Passaram por dois lugares muito diferentes, mas o objetivo era o mesmo, afinal, é como o pôster em exposição no museu: "a diferença entre um homem e um menino está no tamanho de seus brinquedos".

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Dentro do Museu

O Museu tem 450 m², dos quais 50 m² são ocupados por um pátio central totalmente envidraçado. Lá está uma uma importante coleção de carros, motos, bicicletas, sinais esmaltados, fornecedores de manusear e manequins que compõem uma atmosfera única, que remonta ao início do século.

Dentre os veículos em exposição você pode apreciar um Ford T Town-Car 1917 (concedido pela FIVA como um veículo de melhor preservação na edição da Exposição Autoclásica em 2011).

Um Durant D6 1929

Um Fiat Topolino 1939

Um Heinkel 1960

Há também bicicletas como Corgi Excelsior de "pára-quedista" e alguns convidados, incluindo uma BMW com sidecar 1960 600 cm³ e Guzzzi. Mas a coleção não termina aqui, pois tem veículos submetidos a restauração como um 1910 Renault, Citroen C6 dupla Phaeton 1930, Peugeot 1917, um Chevrolet Estrada 1939, que correu Esteban Turismo Sokol, Cadillac Fleetwood ano 1960, um Ford A Roadster 1931 , Messerschmitt 1960, Overland 1917 , entre outros.

No pátio, o tanque, as caldeiras, os paralelepípedos, a água de drenagem por meio de gárgulas para completar este espaço relaxamento absoluto. A oficina estava decorada com as ferramentas do pai dos fundadores, juntamente com a bancada de trabalho e a placa de teste de eletricidade. O Bar "The Grand Prize" é responsável pelo lanche após a visita ao local. Oferece uma coleção de Vídeos Automotivos com 50 títulos, onde você pode escolher livremente.

A ideia surgiu do sonho de dois irmãos que, ao longo do tempo, compartilharam mais do que a vida, essa paixão indescritível, mas única, pelos carros. Já quando crianças, eles construíram seu universo ficcional com carros de brinquedo que foram transformados pouco a pouco em carros de tamanho real. E foi assim que Jorge e Cecilio Pablo Rau, aos 18 e 20 anos, compraram seu primeiro "sonho motorizado": um Ford T 1927. Motivado, eles continuaram com a busca de objetos, acessórios, bombas de combustível, etc., que eles pensaram abrigar na parte de trás de sua casa, em um pequeno "museu". A coleção foi aumentando de tal forma que eles tiveram que pensar em procurar um lugar que conservasse a coleção e o entusiasmo.

E foi em 1984 que compraram um ímovel que, além do lugar e material, tinha um valor simbólico. Foi construído em 1875 e funcionou até 1906 como um oratório para os primeiros habitantes da cidade La Plata na província de Buenos Aires.

Eles começaram assim com o trabalho de restauração e juntos continuaram comprando carros tentando não deixar passar aquelas unidades consideradas "únicas". Hoje, depois de muitos anos, (e as mesmas peças de coleção podem mostrar o tempo), Jorge e Cecilio ainda guardaram e intacto aquele passado de brincar e sonhar, aquele mundo de charme e fantasia, o mesmo que tijolo após tijolo, entulho após escombros e vida (tanta vida), conseguiu se tornar o Museu.

O Museu do Automóvel "Coleção Rau", foi declarado de Interesse Legislativo-Cultural pela Resolução D-1944 / 07-08, da Câmara dos Deputados. O Conselho Deliberativo de La Plata, em sua Sessão Ordinária nº 31, realizada em 29 de novembro de 2012, sancionou: Decreto nº 244, Art 1º. Declarada Personalidade Extraordinária da Cultura, pelo seu trabalho de coleta, restauração e fundação do Museu do Automóvel, Sr. Jorge Rau. Declarada de Interesse Turístico e Cultural para o Museu do Automóvel "Coleção Rau", fundada em 4 de março de 2006 em La Plata.

Horários de visitação: O museu está aberto entre fevereiro até o segundo fim de semana de dezembro. Apenas nos dias: Sábado, domingo e feriados (exceto feriados de ponte), das 15 às 19 horas. Para visitas especiais como imprensa, grupos, empresass, consultar: EvelinRau: 0221-15 5025153, e-mail:  coleccionrau@yahoo.com.ar

Onde? Calle 1 121, Casco urbano, b1902cgc, La Plata, Buenos Aires.

Um local para quem gosta de carros e de sua história. Não apenas de uma marca

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os carros dos vistantes

Citroën C4 Lounge, Citroën Visa (1978 - 1988)  e Citroën Berlingo

Vários Citroën 2CV e 3CV argentino. Leia a história deste pequeno famoso

Citroën Traction. Muita estabilidade, monobloco, tração dianteira...lançado em 1934. Saiba mais

Muchas gracias amigo Alejandro Beiroa     


Gracias amigos de Argentina. As fotos e o texto deste artigo foram cedidos gentilmente por Alejandro Beiroa

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto, tradução e montagem:  Francis Castaings - Fotos Alejandro Beiroa      

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Role a página para ver artigos anteriores

Volte a página principal do site.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Expo Auto Argentino

El 25 de marzo se realizó la 9ª edición de Expo Auto Argentino,  exposición anual que reúne a los vehículos fabricados en Argentina, sin distinción de marcas o modelos.

Onde? Moreno na Província de Buenos Aires (J. Miró e Estrada Provincial Nº 7)

Em 25 de março passado se realizou a 9ª edição da Expo Auto Argentino, exposição anual que reúne veículos fabricados na Argentina sem distinção de marcas ou modelos.

Este año el Citroën Club Bs As rindió homenaje a los 70 años del 2cv y por tal motivo expuso varios modelos fabricados por Citroën Argentina durante la década del 60 y 70. El vehículo más antiguo fue un 2cv 1961, al cual lo acompañaron 5 ejemplares del Citroën 3cv producidos en los años 70.

Este ano o Citroën Club Buenos Aires rendeu homenagem aos 70 anos do modelo 2CV e por este motivo foi exposto vários modelos fabricados pela Citroën Argentina durante das décadas de 60 e 70. O veículo mais antigo era um 2CV 1961 e este estava acompanhado de cinco exemplares do Citroën 3 CV produzido na Argentina nos anos 70.

Se expuso también un IES América 1986 (vehículo derivado del 3cv, fabricado por las Industrias Eduardo Sal-Lari). Esta exposición fue una buena ocasión para presentar el exclusivo logo del CCBA, conmemorativo a los 70 años del 2cv.

Foram expostos também um IES América 1986 (veículo derivado do 3 CV, fabricado pela Indústrias Eduardo Sal-Lari, abaixo à esquerda na cor laranja). Esta exposição foi uma boa ocasião de apresentar um exclusivo logo da CCBA (Citroën Club Buenos Aires) comemorativo aos 70 anos do 2 CV

Entre los otros Citroën expuestos en Expo Auto Argentino, encontramos  varios Mehari´s del Club Mehari  y un 2cv 1968 traído por un expositor particular.

Entre outros exposto estavam vários Citroën Méhari do Clube Méhari  e um 2CV que foi também exposto por um colecionador. O utilitário Méhari foi fabricado em plástico reforçado com fibra de vidro. Leia mais sobre o Citroën 2CV

También había un sector dedicado a IES con los siguientes ejemplares expuestos: IES 3cv, IES SúperAmérica, Furgoneta, Gringa y Gringo.

Também havia um setor dedicado à IES com os seguiinte exemplares expostos: IES 3cv, IES SúperAmérica, Furgoneta, Gringa e Gringo também fabricados em lástico reforçado com fibra de vidro (abaixo). Merecem ser preservados, são muito interessantes!

Entre los vehículos de raíces americanas, se destaca una Kaiser Caravella Limousina, que pronto tendrá una merecida restauración.

Entre os veículos de origem americana se destacou um Kaiser Caravella Limusine que receberá uma restauração. Este carro é derivado do Kaiser Manhattan fabricado lá nos Estados Unidos em 1953. O modelo sedã terá pauta em breve.

Como cada año, hubo atracciones para todos: Automobilia, Autojumble, Arte automotriz (pinturas y esculturas), además de las interesantes charlas técnicas e históricas dadas en la carpa principal.

Em cada ano há várias atrações: Automobilia, Autojumble (venda de peças usadas) arte Auto motriz (pinturas e esculturas e também interessantes palestras técnicas e históricas na tenda principal do evento.

Durante la tarde los jueces de FACAH (Federación Argentina de Clubes de Autos Históricos) realizaron el habitual concurso de estado, el cual arrojó los siguientes resultados:

Na parte da tarde os juízes da FACAH (Federação Argentina de Clubes de Autos Históricos) realizaram, como sempre,  concurso de avaliação de carros dos carros expostos.

Categoría F: 1º Puesto/1º Lugar : Autoar NSU Prinz 1960. A NSU Motorenwerke AG sediada na cidade de Neckarsulm, Alemanha, foi absorvida pela Volkswagen em 1967.Mas antes fazia carros muito interessantes como este pequeno com motor, cujo nome era Ultramax. Era um bicilíndrico, arrefecido a ar e tinha como particularidade, um carter único para o motor e a transmissão. O modelo 1000 sedã também fez muito sucesso. E o revolucionário NSU Ro 80 com motor rotativo Wankel.

Outro

2º puesto/2º lugar: Ford Falcon 1962

Categoría G:

1º puesto/1ºlugar: Fiat 125 1972

2º puesto/1ºlugar : Peugeot 504SES 1978

 Interés Especial/Interesse Especial

1º puesto/1º lugar: Renault 12 TL 1993. Abaixo um modelo Alpine

2º puesto/2º lugar: Fiat Spazio TR 1996

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Felicitamos a los organizadores, Autohistoria-Coche Argentino y Rotary Club de Francisco Álvarez, por la iniciativa y por el esfuerzo de mantener viva la historia automotriz argentina.

Agradecemos aos organizadores Autohistoria-Coche Argentino e Rotary Club de Francisco Álvarez, pela iniciativa e pelo esforço de manter viva a história automotriz argentina. Texto: Alejandro Beiroa - Marzo 2018

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Outros Muito Interessantes

Dodge Chrysler

Um Chrysler Valiant IV GT ano 1966 fabricado pela empresa Chrysler Fevre Argentina. Em 1962 foi lançado o primeiro automóvel da Chrysler produzido na fábrica de San Justo. Era o Valiant V200, um sedã de quatro portas de dimensões compactas de origem norte-americana.

Picape Dodge D-100. Esta fazia parte da segunda geração e podia estar equipada com o motor seis cilindros Slant-Six e vários V8 com potências e cilindradas variadas. Um dos mais usados era idêntico ao nosso 512 dos sedãs Dodge Dart.

Belo Dodge GTX. Este cupê esportivo era derivado do sedã Coronado. O GTX que vinha com o motor Slant Power A119 e a GTX V8 com oito cilindros em “V”. Vindo do México esta motorização tinha cilindrada de 5.210cm³ (318), taxa de compressão de 8,5:1 e potência de 212 cavalos a 4.400 rpm. O ótimo toque era de 42,6 mkgf a 2.600 rpm e era alimentado por dois carburadores Carter BBD. Com direção hidráulica e freios a disco dianteiros, seu peso era 1.525 quilos. Como nos nossos, o consumo era alto. Porém a prestação de serviço também: Fazia de 0 a 100 km/h em 10 segundos e sua velocidade final era de 189 km/h.

Ford Argentina( Produção em General Pacheco)

O Ford Falcon fez grande carreira na Argentina. Quase meio milhão de unidades e 30 anos em produção. Esta foi lançada em 1968 e foi produzida até 1991. Era a Falcon Futura Rural com motor seis cilindros, 3.064 cm³ e 116 cavalos. A versão picape Ranchero foi lançada em 1973. Leia mais sobre a Ranchero americana e argentina.

Renault Indústrias Kaiser Argentina e depois Renault SAS

O Renault 4L foi produzido na França e também na Argentina.

E uma versão furgão. Leia mais sobre o pequeno grande R4L

Um Peugeot 403 e dois Renault: Um Dauphine e um Gordini. Foram também fabricados no Brasil. Saiba mais.

Fiat Argentina

Três modelos 600 D. Os primeiros foram produzidos na antiga planta da cidade de Caseros em 1960. Depois na cidade de Palomar e Berazategui. Hoje está em Córdoba.

Um Riley Four derivado do Austin Cambridge. Era uma versão mais luxuosa do Austin. Na Argentina era o Siam Di Tella 1500

Belos modelo DKW da Auto Union Argetinba. Dois bens conhecidos nossos, o Belcar aqui e lá chamado de 1000 e o modelo esportivo 1000 Sp

E um interessante Isard T 700 argentino. Um carro de pequena produção e por isso raro e exclusivo! Motor NSU alemão dianteiro e tração traseira. Dois cilindros, arrefecido à ar, 682 cm³ e 30 cavalos à 4.900 rpm. Velocidade final de 112 km/h!

Volkswagen Kombi 1982. Leia mais sobre a Kombi

Uma simpática Lambretta SIAM

E o Micro Carro De Carlo

Nota: Bienvenidos ao sitio Retroauto amigos de Citroën Argentina. Lá, em Buenos Aires, na Exposição Autoclásica 2017,ganhei um ótimo exemplar da revistas "Citrobaires" (Citroën Buenos Aires).  Muchas Gracias!

Gracias amigos de Argentina. As fotos e o texto deste artigo foram cedidos gentilmente por Alejandro Beiroa (de camiseta vermelha)

 ---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Gracias amigos de Argentina. As fotos e o texto deste artigo foram cedidos gentilmente por Alejandro Beiroa

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto, tradução e montagem:  Francis Castaings - Fotos Alejandro Beiroa      

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Role a página para ver artigos anteriores

Volte a página principal do site.