Uma terceira Geração de sucesso

Ford Escort chegou ao Brasil em 1983. O nome Escort foi utilizado a primeira vez na versão perua do Ford Anglia . Sua primeira geração, já como modelo, nasceu em 1968, a segunda em 1974, ambas com tração traseira e fizeram enorme sucesso em ralis internacionais.

A terceira na Europa, em 1980, idêntica a nossa, já com tração dianteira.

O motor CHT (Combustão em Alta Turbulência) foi elaborado por Luc de Ferran, engenheiro que trabalhava na Ford e pai do piloto Gil de Ferran. Na Europa O Fiesta tinha versão XR-3, o Escort XR-3 (abaixo) e o Sierra XR-4

Havia no Brasil o motor 1,4 e 1,6 litros. A segunda geração chegou em 1992. Na terceira geração foi apresentada no final de 1996 e trazia o Hatch, o sedã e a versão Wagon quatro portas.

E o novo motor Zetec, também em posição transversal, 1,8 litros, 16 válvulas e 115 cavalos de potência. Infelizmente todos raros em bom estado como este.

O Escort foi fabricado na Inglaterra, Alemanha, nos Estados Unidos (bem diferentes em termos de estilo), Brasil e Argentina. Era o carro mundial da Ford. A versão europeia Ford Escort RS Cosworth é muito desejada lá.

Rerência entre pequenos esportivos. Para quem mão sabe a Cosworth é uma fabricante inglesa de motores, para carros de corrida de várias categorias e fornece motores para sedãs pacatos se transformarem em carros de alta performance. Foi fundada em 1958 por Mike Costin e Keith Duckworth. O nome do motor surgiu da junção do sobrenome de ambos. Na década de 70 e 80 equipava vários carros de Fórmula Um. Abaixo um excelente exemplar do Ford Verona da primeira geração fabricado entre 1989 e 1992.

A versão XR-3 usava o mesmo motor do Corcel 1600, mas com camêras Hemisféricas e comando de válvulas roletado. Foi obra do engenheiro francês Luc de Ferran, pai do piloto Gil de Ferran. Na Europa o Fiesta tinha a versão XR-2 e o Sierra era o XR-4




AMA_Fundacao_Congonhas_33_bate_papo_(92)














A segunda geração chegou em 1992. O XR-3 era o esportivo da linha.

Havia também a versão conversível fabricada pela Karmann. Se distinguia dos outros modelos da linha na parte externa pelo aerofólio traseiro e spoiler dianteiro mais pronunciado. Nesta geração havia os filetes vermelhos.















Por dentro do XR-3














Sua versão XR-3 fez muito sucesso. Esta carroceria conversível era fabricada pela Karmann do Brasil








































Nas pistas














Em Escala














---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto, fotos e montagem Francis Castaings                               

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Volte a página anterior

Volte a página principal do site.