Henry Ford

Henry Ford nasceu em Greenfield Township, atual Condado de Wayne, em 30 de julho de 1863 e faleceu em Dearborn, em 7 de abril de 1947. Foi um grande foi um empreendedor, engenheiro mecânico e fundador da Ford Motor Company

Foi o primeiro empresário a aplicar a montagem em série de forma a produzir em massa automóveis em menos tempo a um menor custo. A introdução de seu famoso  modelo Ford T revolucionou os transportes e a indústria dos Estados Unidos. Ford foi um grande inventor e registrou 161 patentes nos Estados Unidos. Como único dono da Ford Company, ele se tornou um dos homens mais ricos e conhecidos do mundo. No dia 16 de junho de 1903, dia da fundação da Ford Motor Company, foi investido um capital de US$ 150 000 (em valores da época), de 12 sócios, sendo que US$ 28 000 foram investidos pelo próprio Ford, então 40 anos na época.

A ele é atribuído o "fordismo", isto é, a produção em grande quantidade de automóveis a baixo custo por meio da utilização do artifício conhecido como "linha de montagem", o qual tinha condições de fabricar um carro a cada 98 minutos, além dos altos salários oferecidos a seus operários — notavelmente o valor de 5 dólares por dia, adotado em 1914.

O intenso empenho de Henry Ford para baixar os custos resultou em muitas inovações técnicas e de negócios, incluindo um sistema de franquias que instalou uma concessionária em cada cidade da América do Norte, e nas maiores cidades em seis continentes. Ford deixou a maior parte de sua grande riqueza para a Fundação Ford, mas providenciou para que sua família pudesse controlar a companhia permanentemente. Seu único filho Edsel Bryant Ford faleceu aos 49 anos de câncer e deixou o legado para um de seus quatro filhos. E Henry Ford II tornou-se Presidente e CEO (Diretor Executivo)  da Ford Motor Company em 1945. Em 1956, sob sua liderança, a empresa tornou-se uma empresa de capital aberto e dedicou sua nova sede mundial. Durante seu mandato como CEO da Ford, ele residiu em Grosse Pointe em Michigan. Em 13 de julho de 1960, ele também foi eleito Presidente. Acabaria por se demitir como CEO em 1º de outubro de 1979 e como Presidente em 1980.

Seus carros

Ford Runabout 1906

Ford Touring T

Ford A Roadster 1929.Em 1927 cedeu lugar ao modelo A contra vontade de Henry Ford. Seu filho Edsel o convenceu a mudar e estava certo. Foram cerca de 15 milhões de modelos fabricados.

Ford A Standard Phaeton

Ford Modelo A Speedster 1929

Modelo A Sport Cupê. Conheça

Um Ford muito especial modelo A carroceria Gordon Buehrig 1933. Logicamente foi restaurado. O jovem Gordon Miller Buehrig aos 27 anos era desenhista da Dusemberg e é obra dele tambémo belo Loncoln Continental Mark II

Ford modelo B 1933. A partir desta geração os Ford estrearam o motor V8

Ford modelo 40 B 1934 já com motor V8

Ford Fordor 1935

Ford 1939. Os carros da Ford já eram equipados com motor com oito cilindros em "V" desde 1932. Opções 136 (2,2 litros) e o 221 (3, 6 litros) Flathead V8. Este é um conversível Club Cupê e foi premiado como o melhor do evento.

O Ford Anglia Conheça

O pequeno, mas impecável Ford Prefect de fabricação inglesas

Um Ford muito interessante. Trata-se de um modelo cupê 1940 Deluxe

Ford 1941

Ford da geração 1941 fabricado até 1948 com carrocerias quatro portas e cupê. Entre 1939 e 1945, por causa da Segunda Grande Guerra, todas as fábricas americanas de automóveis não evoluíram muito em termos de carroceria, pois estavam fabricando equipamentos bélicos.

Um Ford Woody 1948 impecável! Por dentro e por fora.

Este belo Ford salvou a empresa da falência. Foi fabricado entre 1949 e 1951 com carrocerias cupê, quatro portas, perua Country Squire e Wood (parte da lateral em madeira).

Outro impecável é este Ford. Este modelo foi fabricado entre 1949 e 1951, foi um grande sucesso e responsável por tirar a fábrica de Dearborn, cidade localizada no estado americano do Michigan, de apuros financeiros. Estava disponível com carrocerias quatro portas, duas portas nas versões Businees Cupê (básica) ou Club Cupê mais luxuosa. O cupê conversível também era apreciado assim como a Station Wagon Country Squire com acabamento em madeira nas laterais. Este é um modelo DeLuxe, motor V8, cambio mecânico e pertenceu à uma única família. A restauração foi pequena já que o carro sempre foi muito bem cuidado. O cupê foi apelidado de Shoe Box (Caixa de Sapato)

Ford Custom line V8 ano 1952. Belo e raro carro nas Gerais. Existia também a versão perua Custom line Country Sedan, Delivery Van, conversível e cupê

Abaixo um Ford da linha Custom Line sendo que um dos destaques era o Crown Victoria e o Fairlane anos 55 e 56

Ford Thunderbird Conheça

Ford Thunderbird 1971. Belo carro, mas não era mais esportivo

Um Ford Thunderbird 1995 que tinha motores V6, sendo um com compressor mais potente que atingia 208 cavalos, 4,6 litros e chegava a 225 km/h. Leia mais sobre o pássaro da Ford

O Ford Ranchero Conheça

O Ford Falcon. Conheça

Ford Inglês, raro no Brasil, este Zephir inglês. A linha inglesa da Ford nos anos 50 e 60 era muito interessante como este. Visto de lado nota-se o capricho da restauração

Ford Country Squire 1964

Ford Fairlane sedã. A versão cupê Thunderbolt descascava o asfalto.

Abaixo um Ford Galaxie Station Wagon

Auto_Clasica_Argentina_2013_San_Isidro_2_dia_757

Ford Custom/Galaxie 1962. Na versão de polícia recebia o motor do Ford Thunderbird com 390 polegadas cúbicas (6.390 cm³ e 300 cavalos. Este era mais leve que o Thunderbird e portanto mais veloz!

O Ford Galaxie americano

Ford GT-40. Saiba mais sobre este grande vencedor

Ford Mustang 1965

Ford Mustang GT da primeira geração ano 1967. O modelo 1967 existia com a carroceria conversível e fastback ou SportsRoof (Teto esporte) Dois motores com seis cilindros em linha e vasta gama de V8

Ford Mustang "Eleanor" ano 1967.

Ford Mustang Boss com motor 351(5.751 cm³) ano 1970. Este modelo cupê também existia nas versões fastback e conversível com variada gama de motores V8. Tinha duas opções com motor seis cilindros e seis com motor V8 chegando o motor 428 a despejar 335 cavalos! Havia ainda a versão Boss 302 e Mach One.

Ford Mustang Mach One 1971

Ford Mustang Mach One. Em 1971 apresentava carroceria maior e mais pesada. A mesma com poucas modificações ficaria até 1973. Tinha Versões Boss 351, Mach One, Grandé (cupê hardtop com acabamento mais luxuoso e formal) e conversível. As primeiras citadas eram fastback. O motor 250 Six com 145 cavalos ainda estava no pacote. Depois deste o V8 302 com 210 cavalos que foi usado aqui no Ford Maverick  Ford Galaxie, LTD e Landau. Começava a ficar mais interessante com o 351 com 240 cavalos que aceitava gasolina comum. Lá! Ainda o 351 com 240 e 285 cavalos. O 351 Dual Ram Injection tinha 330 cavalos e taxa de compressão de 11,7:1 e usava gasolina premium. Vendida lá! E para completar duas opções do 429 (7.030 cm³) ambas com 370 cavalos sendo uma delas Dual Ram Injection.

Se o primeiro modelo de 1964 usou o chassi do Ford Falcon, este usava o do compacto Ford Pinto.

A crise do petróleo deflagrada em 1973 obrigou as indústrias de automóveis em todo mundo a reduzir o consumo de seus carros e consequentemente a potência, peso... este modelo novo tinha carroceria cupê Hardtop, fastback, outra idêntica com três portas e uma interessante que tinha as capotas sobre os assentos removíveis (T-top roof) como o Chevrolet Corvette de terceira geração. A moda Targa lançada na linha Porsche 911/912 também agradava aos americanos. Esta era exclusiva para o Mustang King Cobra. Os motores disponíveis eram o 2,3 OHC com quatro cilindros que aqui passou a equipar também nosso Maverick, um seis cilindros em linha com 87 cavalos e os mais potentes que usavam motor V8 com 4.947 cm³ e 134 cavalos e outro V8 com 5.769 cm³ e 143 cavalos. A versão Cobra II e King Cobra 6.0 eram muito potentes.  Essa segunda geração aparecia sempre nas telas do antigo seriado As Panteras (Charlie's Angels). Foram 110 episódios exibidos entre  1975 e 1981. Um Ford Mustang Cobra II 1976 branco com faixas azuis era usado por Farrah Fawcett e uma amarelo cupê com teto de vinil por Cheryl Ladd e Jaclyn Smith. Ótimo seriado.

Este era um modelo compacto também e o preferido do falecido ator Paul Walker por ser mais leve que os anteriores. Este carro pertence,um hatchback, a colecionadora Glorinha Beltrão. O primeiro dono foi seu pai que conservou manuais, peças, etc. Um carro ímpar!

Também estava disponível a versão conversível. Este é um GT 5.0.

Em seu interior podia receber, como as anteriores, caixa automática (apenas para os V8) ou mecânica.

A versão SVT Cobra, lançada em 1993 estava disponível apenas com cambio manual. As versões Cobra e Cobra R V8 5.0 SOHC  tinha 238 cavalos tina câmbio manual de 5 marchas. Sua velocidade final era de 235 km/h. A versão 2,3 OHC com turbo compressor obtinha 118 cavalos à 5.200 rpm e chegava à 185 km/h.

Apenas nas carrocerias fastback e conversível. Suas linhas lembravam um pouco os primeiros modelos da década de 60.

Um Ford Mustang GT. A quinta geração que nasceu em 2005 e foi até 2014. A Ford se inspirou nas linhas da década de 60 para produzir essa bela nova safra de Mustang. Grande sucesso nos Estados Unidos, na Europa. em todo o mundo... Disponível com carrocerias cupê fastback e conversível

E o modelo a partir de 2015. Feroz!

Ford Torino GT 390

Ford Torino Talladega

Ford Maverick Grabber

Um raro Ford Pinto Wagon, tinha uma versão chamada Runabout, e foi fabricado inicialmente com carroceria cupê. Tinha um motor com quatro cilindros em linha, dianteiro, longitudinal, com motores com 1,6 litros (Kent),  2,0, 2,3 (o mesmo do nosso Maverick) e um V6 2,6 Cologne oriundo do Ford Capri inglês. Foi produzido entre 1970 e 1980 e cogitou-se a fabricação no Brasil

E a americana Ford Station Wagon Country Squire de 1974.

Galaxie_LTD_Site_Garage_(47)

Picapes

Bela picape Ford Texas Edition americana. Conheça a história das brasileiras

Picape americana Ford F-150. Super! Esta é da nona geração de 1992 a 1997

Picape F-150 Lightning 2001 com um V8 de 380 cavalos. Um utilitário apressado! Faz de 0 a 100 km/h em 5,2 segundos e o quarto de milha em 13,8 segundos. Era a mais rápida picape do mundo!

A Ford Ranger

Eram equipadas com um bom motor V6 movido a gasolina. Depois ganhou grade maior na cor preta, três configurações de cabine, tração 4 x 4 com acionamento eletrônico, ABS traseiro... e novos motores de quatro cilindros em linha, 16 válvulas, 137 cavalos e o V6 contava com 210 cavalos! O tipo de caçamba do modelo acima é conhecido como Step-Side.

Um belo Ford europeu modelo Cônsul. Raro no Brasil. Sua carroceria era derivada da linha Taunus fabricada na Inglaterra e Alemanha na década de 70. Foi cogitado para ser fabricado no Brasil, mas escolheram o Maverick. Leia mais sobre a história do Taunus

Foi fabricado na África do Sul como Ford Cortina seguindo as linhas do modelo inglês com os motores 1300, 2000, 2500 e 3000. Na Austrália também como Ford Cortina e, a partir de 1980, baseado no Taunus alemão, chamava-se Fairmont. Tinha versões com carroceria de quatro portas e Panel (com painéis de metal no lugar dos vidros traseiros laterais) de duas portas. Com motores 2000 e dois seis cilindros. Um com 3.280 cm³ e 130 cavalos e outro com 4.100 cm³ e 155 cavalos. Deviam assustar muitos cangurus. Na Argentina (abaixo) era o Taunus de linhas alemãs. As versões de carroceria eram com carroceria sedã e cupê fastback. Seguiam também com as mesmas motorizações de lá. Também teve um carreira longeva e era muito apreciados por nossos vizinhos. Suas versões básicas eram bem acessíveis e de linhas compactas nas décadas de 50 e 60. Saiba mais

O Ford Capri saiba mais

Campos_do_Jordao_2015_Abril_Importados_(39)

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Ford Brasil

O Jeep foi fabricado no Brasil pela Willys Overland e depois pela Ford. Os primeiros importados chegaram aqui em 1947 e a fabricação do modelo CJ-5 em 1958. Tinha motor seis cilindros em linha, 2.638 cm³ e 91 cavalos de potência a 4.000 rpm. Foi fabricado também uma com capota rígida e a versão quatro portas com capota de lona ganhou o apelido de "Bernardão".

As picapes Ford

Bela picape Ford F-Series ano 1954 com motor V8 272 sempre presente aos encontros.

Picape Ford F série 1959

Picape Ford Picape F-100 Twin & Beam ( suspensão dianteira semi-independente), fabricada entre 1965 e 1970.

Ford F-100

Outra personalizada

Um furgão da linha E-Series Econoline. Esta é da quarta geração de 1997 à 2002

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Do Brasil

Primeira geração do Ford Corcel

E a versão GT

Ford Belina 1973

A segunda geração

Ford Corcel II cupê. Saiba mais sobre a linha Corcel.

E o Del Rey

Ford LTD

Um LTD da última geração

Um Landau distinto

Um Ford Landau muito bonito. Leia mais sobre a linha Ford Galaxie, LTD e Landau.

Ford Maverick

Com o famoso 302 V8

Outro GT

E a versão quatro portas Leia sobre

O primeiro Escort XR-3

Um Ford Escort XR-3 conversível em ótimo estado. Na Europa a versão esportiva do Fiesta era o XR-2 e o Sierra, que não veio para o Brasil, era o XR-4.

E o XR-3 convencional Conheça

 Espero que tenham gostado. Ford abraço

Texto, fotos e montagem Francis Castaings. Demais fotos de divulgação                                  

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Volte a página Anterior

Volte a página principal do site.