XXII Encontro do Automóvel Antigo em Juiz de Fora, Minas Gerais -- Agosto 2019

Trinta anos muito bem comemorados. Assim foi o XXII Encontro do Automóvel Antigo em Juiz de Fora, Minas Gerais nos dias 23,24 e 25 de agosto de 2019. Com a presença de vários clubes de Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo e Espírito Santo e presidentes dos mesmos e uma variedade ótima de veículos expostos no Campus da Universidade Federal de Juiz de Fora em Minas Gerais, na praça cívica. Situada na Zona da Mata mineira, Juiz de Fora tem um dos melhores acervos de automóveis antigos!

Um ótimo e bonito local para este tipo de evento! A chuva ameaçou, mas não chegou, o que tornou o encontro ainda mais agradável!

O local é muito bom, espaçoso, grande estacionamento, ótima infra estrutura e de fácil acesso. Os organizadores já tem longa experiência nestes eventos e receber bem é tradição! A organização foi impecável! O público compareceu e ficou encantado com o passado sobre rodas. A Universidade Federal de Juiz de Fora cede e apoia os clubes presentes.                                                       

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os carros da Ford (Ford, Lincoln e Mercury)

Belo Ford modelo A Phaeton

Outro modelo impecável. Conheça o Ford A

Hot Ford picape F-Series 1951

Um Mercury Monterey 1959. A Mercury era uma das marcas de luxo da Ford

Outro modelo da mesma geração

Mais um belo Mercury. Este é um modelo Marquis Brougham 1972

Um esportivo da Ford que nasceu para enfrentar a concorrência europeia. Saiba mais sobre o modelo Thunderbird

Ford Mustang Mach One. Em 1971 apresentava carroceria maior e mais pesada. A mesma com poucas modificações ficaria até 1973. Tinha Versões Boss 351, Mach One, Grandé (cupê hardtop com acabamento mais luxuoso e formal) e conversível. As primeiras citadas eram fastback. O motor 250 Six com 145 cavalos ainda estava no pacote. Depois deste o V8 302 com 210 cavalos que foi usado aqui no Ford Maverick  Ford Galaxie, LTD e Landau. Começava a ficar mais interessante com o 351 com 240 cavalos que aceitava gasolina comum. Lá! Ainda o 351 com 240 e 285 cavalos. O 351 Dual Ram Injection tinha 330 cavalos e taxa de compressão de 11,7:1 e usava gasolina premium. Vendida lá! E para completar duas opções do 429 (7.030 cm³) ambas com 370 cavalos sendo uma delas Dual Ram Injection.

Os nacionais da Ford. A linha Ford Galaxie chegou em 1967

Saiba mais sobre a linha Ford Galaxie, LTD e Landau

No final da década de 60 era a vez do Ford Corcel

A Fase II nasceu em 1978. Saiba mais sobre o cavalo brasileiro

E no início da década de 70 chegava a nova Ford F-100. Saiba mais sobre as picapes Ford do Brasil

Em 1973 chegava o Ford Maverick

A versão esportiva GT fez sucesso com motores com quatro cilindros em linha e um potente V8

Conheça o médio da linha Ford

Impecável Ford Escort XR-3.

Em breve a história da versão MK III no site

A Willys Overland do Brasil fabricou modelos interessantes antes de ser absorvida pela Ford. Abaixo um Jeep CJ-5

A American Austin Car Company que depois passou a se chamar American Bantam fez o melhor projeto, mas este foi copiado pelos técnicos e engenheiros Ford e da Willys. Este soldado mundial serviu muito na guerra e ainda serve na paz. O Jeep até hoje é muito cultuado.

Quando de seu lançamento era conhecida como Picape Jeep. Depois, já como Ford, era a F-75. Conheça a Rural e seus derivados.

O sedã médio era o Aero-Willys

A versão de Luxo era o Itamaraty. Saiba mais

E a Willys fez um esportivo muito interessante. O Interlagos baseado no Alpine-Renault francês. Saiba mais

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os carros da General Motors (Chevrolet, Buick, Oldsmobile, Pontiac, La Salle, Cadillac)

Muito interessante Chevrolet Master com muita história documentada. É um Master 1938. Poucos exemplares neste ano foram produzidos. Saiba mais sobre a linha Master

Outro Belo Chevrolet Master!

Um belo La Salle 1939. Esta empresa era uma divisão da Cadillac

Furgão Chevrolet 3100 derivado das picapes Advanced Designer

Chevrolet Bel Air 1956. Conheça este sucesso

Raro e em belo estado este Buick Roadmaster Riviera da quarta geração fabricado entre 1954 e 1956

Belo Cadillac Eldorado 1955

Cadillac Cupê Deville 1964

Cadillac Eldorado 1967 já com tração dianteira e tinha a mesma plataforma do Oldsmobile Toronado e do Buick Riviera do mesmo ano.

Chevrolet Impala 1961. Havia também a carroceria quatro portas, cupê, Station Wagon e a picape El Camino em 1959 e 1960. A concorrente da picape Ranchero da Ford. Motores com seis cilindros em linha e vários V8. O modelo SS é facilmente reconhecido por suas bandeiras quadriculadas tanto no capô quanto na lateral. Um dos motores era o V8 283 (4.637 cm³) com 185 cavalos ou opcional com 290 cavalos. Outro muito apreciado era o V8 348 (5,7 litros) e 315 cavalos.

Chevrolet Impala 1962

Chevrolet Impala 1964

O Chevrolet Caprice da terceira geração (1977–1990). Foi fabricado também no Canadá. Belo sedã!

Pontiac Grand-Prix 1976.  Saiba mais sobre a trajetória deste grande prêmio.

Chevrolet Camaro SS (Super Sport) 350 ano 1967 impecável! Conforme a versão tinha um carburador quádruplo ou quatro duplos que podiam render até 360 cavalos. Cobria a quatro de milha em apenas 14,5 segundos. Para os mais tímidos havia duas versões com motores com seis cilindros em linha.

Chevrolet Camaro LT da segunda geração. Esta nasceu em 1970 e em 1974 já estava com esta frente. Os motores disponíveis estavam a partir de um seis cilindros em linha com 3,8 litros até um V8 com 7,4 litros ( 454 polegadas cúbicas)

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os Chevrolet do Brasil

Picape C-14

O Chevrolet Veraneio agradou as grandes famílias. Conheça a história das picapes Chevrolet no Brasil

E o nosso mais amado Chevrolet

Conheça a história do Chevrolet Opala

O Chevrolet Monza foi lançado no Brasil em 1982. Conheça

Os esportivos que usaram mecânica Chevrolet. Abaixo o Brasinca Uirapuru 4200 GT. Saiba mais

O Puma GTB utilizou o motor do Opala. Abaixo um modelo S2. Conheça os carros da Puma Veículos

E o esportivo que veio do Rio

Tinha carrocerias cupê e conversível

Saiba mais sobre o Santa Matilde

A réplica do Jaguar XL-120 também!

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os carros da Chrysler (Chrysler, DeSoto, Dodge, Imperial, LeBaron, Jeep, Fargo e Plymouth)

Impecável DeSoto 1930

Belo Plymouth DeLuxe cupê 1936

Chrysler 300 1970

E os nacionais

O primeiro a ser lançado foi a linha Dart

Um dos últimos Magnun. Leia sobre os grandes da Chrysler

E um Dodge Polara automático muito interessante. Conheça

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os carros da Volkswagen

O primeiro veículo da Volkswagen no Brasil foi a Kombi. Conheça

O Fusca foi fabricado aqui com motores 1.100 (Alemanha) , 1.200, 1.300, 1.500 e 1.600 cm³. É de longe o motor mais utilizado no planeta. Em carros, barcos, ultra-leve, motocicletas, triciclos, etc. Foi lançado aqui no Brasil em 1959, fabricado em São Bernardo do Campo, São Paulo. Mas os primeiros, de origem alemã desembarcaram no porto de Santos, São Paulo em 1950. E caiu no gosto brasileiro!

Um dos carros mais queridos do país acabou de completar 60 anos de produção do Brasil. Em 1950 chegavam importados os primeiros Fusca no Brasil e passaram a ser fabricados aqui em 1959. Um dos carros mais amados do Brasil. Lá fora foi chamado e ainda é de Carocha em Portugal, Escarabajo na Argentina, Cox ou Coccinelle na França, Magiolino na Itália e Beetle nos países de língua inglesa

Foi produzido em grande escala aqui, em seu país de origem Alemanha, onde era apelidado de Käfer, besouro em alemão, e também foi fabricado na Austrália, África do Sul e no México, último país a produzi-lo.

Em 1970 chegava o Fuscão com motor 1.500 cm³ e 44 cavalos. E vendeu muito bem! O painel podia ter revestimento imitando madeira. foi o carro mais vendido da década de 70, apesar do lançamento do Chevrolet Chevette, do Fiat 147, do irmão VW Brasília... Também nesta década, não faltaram rodas de liga de 13 e 14 polegadas mais largas, a famosa "tala larga" , com pneus radiais, escapamentos da marca Kadron, volantes de menor diâmetro e também eram rebaixados para ganhar mais estabilidade.

A produção terminou em 1986. Só havia a opção com motor 1600 (o 1300 deixou de constar em 1984), vidros verdes, rodas com diâmetro de 14 polegadas...mas voltou em 1993 e por volta de 47.000 Fuscas foram produzidos até 1996 e em Puebla, no México até março de 2003 e na Alemanha foi encerrada em 1978. Ao todo foram de 1938 à 2003: 21.529.464 produzidos sendo 15.444.858 na Alemanha (330.251 conversíveis ), 3.350.000 no Brasil cerca de 2,5 milhões no México (Vocho) e montados na Austrália, Bélgica, Finlândia, Indonésia, Irlanda, Malásia, Nova Zelândia, Nigéria, Filipinas, África do Sul e Venezuela.

Belo Karmann-Ghia modelo TC. Conheça o primeiro esportivo da Volkswagen

E um com desenho 100 % nacional. Saiba mais

E o sucesso lançado em 1973

Saiba mais

Impecável Passat. Esta versão era exportada para o Iraque. Conheça

Usaram o motor Volkswagen

O Puma GT-1600 foi o esportivo mais exportado do país

Saiba mais sobre o Puma

Os carros de João Augusto do Amaral Gurgel. Conheça

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

De origem italiana

FNM 2000. Conheça nosso primeiro Alfa Romeo

Alfa Romeo Giulia Bertone. Saiba a história deste marco da casa de Arese

Bela Ferrari Testarossa. Motor com 4.9 litros de cilindradas, 12 cilindros opostos, 48 Válvulas DOHC (Double Overhead Camshaft, ou seja, duplo Comando de Válvulas no Cabeçote) e potência de 390 cavalos. Foi fabricada entre 1984 e 1996. Até hoje um ícone entre os super esportivos da casa de Maranello! Desenho Pininfarina!

Nosso Fiat 147 com motor 1.050 cm³. Saiba mais

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os britânicos

Jaguar XJS que substituiu o famoso Jaguar E-Type

A Austin e a Morris tinham suas versões. Depois de consolidado recebeu a denominação de Mini. Saiba mais

A primeira versão do famoso Land Rover. Conheça a história deste fenômeno para todos os tipos de estrada

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os alemães da casa Daimler-Benz

Estavam lá expostos vários modelos Mercedes-Benz

Um dos modelos de maior sucesso da marca. Trata-se da geração W111/W112 iniciada em 1959 com vários motores com seis cilindros em linha e um V8 de 3,5 litros para a bela versão cupê. Havia uma versão simplificada, com faróis redondos simples movida a diesel. Era da geração W110

Mercedes-Benz W112. Este cupê é muito valioso tanto na versão cupê quanto na conversível. Suas versões eram a 220 SE iniciada em 1961 e depois as versões 280 e 300 SE. Esportivos de luxo! Ambas vieram do mercado americano devido aos faróis duplos redondos

O sucessor foi esta da classe W108

Mercedes-Benz classe S geração W116 modelo 280 SE

Mercedes-Benz Classe S série W126 fabricada entre 1979 e 1992. Havia um motor com cinco cilindros em linha movido a diesel e cinco opções com seis cilindros em linha com diferentes cilindradas e quatro opções de V8 a gasolina. A versão 560 SE era verdadeiro canhão!

Um modelo 250 S da mesma geração

Modelo W114/115. Saiba mais

Mercedes-Benz 500 SEC. Um dos mais belos cupês da marca

Geração R107

Sua versão longa era a SLC. Saiba mais sobre o sucesso chamado Mercedes SL

O modelo que deu início a Classe C, geração W202 fabricada entre 1993 e 2000. O modelo 190 E, de grande sucesso também foi a inspiração deste modelo. Saiba mais

Homenagem ao primeiro modelo fabricado no Brasil. Foi o Classe A, geração W168, sendo que este exemplar é histórico! Foi o primeiro a sair das linhas de montagem em Juiz de Fora em 1999.

E o modelo atual deste século

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Da França

O Renault Caravelle

E com sua capota retirada. Conheça

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A praça da motocicleta

Vários modelos antigos com potências, cilindradas variadas. Uma super coleção

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

O bom comércio com vários objetos colecionáveis

Miniatura de carros, peças, bicicletas, enfeites, antiguidades... um pouco de tudo! E muito bom com preços atrativos

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

                A área de alimentação e a Associação de Amigos  - ABAN                                                                                                                             

Todos que estavam nos guichês vendendo os tickets seja para comida ou bebidas, aqueles que estavam nas tendas, além de muito solícitos e educados estavam fazendo trabalho voluntário para a Associação de Amigos de Juiz de Fora

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Associação dos Amigos – ABAN é uma organização não governamental fundada em 1997 em Juiz de Fora, com o objetivo de enfrentar a pobreza. O foco da instituição é mobilizar pessoas para construir um mundo melhor a partir de três grandes temas:

  • - Enfrentamento da desigualdade e pobreza
  • - Nova relação com o meio ambiente
  • - Cultivo de uma cultura de paz e espiritualidade

A partir destas linhas a associação estimula projetos em comunidades de especial interesse social nas cidades de Juiz de Fora- MG e de Paraíba do Sul – RJ. Outro ponto chave para a ABAN é a amizade, pois acreditamos que a abertura para o bem tem como base a abertura para a relação, para o coletivo. Cremos que o bem só pode ser pleno se superar o individualismo de todas as formas. Assim, deve ser construído através de relações de afeto, carinho, respeito. O bem almejado pela ABAN é aquele que nasce da amizade entre pessoas. Não buscamos estimular produtores de soluções sociais, mas pessoas tocadas por um grupo de  ideias e experiências que conduzem a dedicar parte de suas vidas numa relação grávida de iniciativas do bem. Quem só possui tempo para a execução fim do projeto não tem o perfil para estar na ABAN. Buscamos pessoas que compreendam que um mundo melhor não é resultado de projetos, mas de pessoas transformadas pelo amor.

Veja um pouco do trabalho na página

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A festa, a confraternização e a entrega de prêmios

Foi comandada pelo Senhor José Maria com muita propriedade

Os belos  troféus

A equipe organizadora

O presidente da FBVA, Federação Brasileira de Veículos Antigos, Altair Manoel

Os premiados colecionares, presidente de clubes, organizadores...pessoas que deram uma ótima contribuição aos carros antigos e aos seus proprietários

Um prêmio especial para o Senhor Froes, um dinâmico antigomobilista

E este menino cresceu! E recebeu outra vez!

Um ótimo Jantar muito bem servido no ótimo salão do Hotel Trade

Momentos . Boa música neste salão e também na universidade em níveis decibéis normais. Pode-se conversar e apreciar!

Um bom evento tem sempre que contar com bons patrocinadores

E fomos muito bem recebidos no Hotel Trade

Até 2021 amigos

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Agradecimento especial à Luis Fernando Bastos, Eloísio Medeiros,  Henrique Thielmann, Gui Mageste e a todos amigos de Juiz de Fora presentes neste ótimo encontro. Muito Obrigado!

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto, fotos e montagem: Francis Castaings                               

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Role a página para ver os anteriores

Volte á pagina inicial


XXI Encontro do Automóvel Antigo de Juiz de Fora no Campus da UFJF, agosto de 2017

Um excelente encontro de carros antigos. Assim se pode qualificar o XXI Encontro do Automóvel Antigo de Juiz de Fora realizado pela segunda vez no Campus da Universidade Federal de Juiz de Fora em Minas Gerais, na praça cívica, que ocorreu entre os dias 5 e 6 de agosto de 2017.

 

O local é muito bom, espaçoso, grande estacionamento, ótima infra estrutura e de fácil acesso. Eles já tem longa experiência nestes eventos e receber bem é tradição! A organização foi impecável! O público compareceu e ficou encantado com o passado sobre rodas.

Os carros da Ford

O Ford A sucedeu o modelo T que um dos carros mais produzidos do mundo

Ambos tem carroceria torpedo e modelo Phaeton

E este é um modelo A Fordor (quatro portas) e carroceria Briggs em aço e fechada. Eles foram fabricados entre 1928 e 1931 com carrocerias cupê fechada ou roadster, quatro portas idem e picape roadster assim chamada por ter capota de lona conversível. 

Hot Ford modelo A Roadster picape

Ford 1939. Os carros da Ford já eram equipados com motor com oito cilindros em "V" desde 1932. Opções 136 (2,2 litros) e o 221 (3, 6 litros) Flathead V8. Este é um conversível Club Cupê e foi premiado como o melhor do evento.

Hot Ford picape F-Series 1951 que foi premiada

A linha Mercury pertence a Ford. Este é um modelo Monterey 1959 da terceira geração

Um belo Ford europeu modelo Cônsul. Raro no Brasil. Sua carroceria era derivada da linha Taunus fabricada na Inglaterra e Alemanha na década de 70. Foi cogitado para ser fabricado no Brasil, mas escolheram o Maverick. Leia mais sobre a história do Taunus

Poderoso e bonito Ford Mustang Mach One 1971

Comemorando os 50 anos de lançamento do Ford Galaxie no Brasil, cerca de doze exemplares estavam lá. E este que data de 1967 foi premiado. O melhor da linha Ford Galaxie, LTD e Landau foi um modelo LTD 1978

Modelos da década de 60, 70 e 80 estavam lá.

Leia mais sobre a linha Ford Galaxie, LTD e Landau

O Ford Corcel foi um sucesso nacional

E este Ford Belina 1973 mereceu premiação. Leia mais sobre a linha Corcel.

O Ford Maverick tinha como objetivo competir com o Opala. Leia mais sobre o compacto da Ford

A picape Ford F-100 primeiro recebeu o motor V8 do Galaxie 1971. Depois foi equipada com o quatro cilindros OHC do Maverick e mais tarde com um motor diesel. Este Ford também foi premiado este modelo 1974.

Réplica do Shelby Cobra 289 obra do texano Carrol Shelby. Saiba mais

A Willys Overland do Brasil fabricou modelos interessantes antes de ser absorvida pela Ford. O Renault Gordini foi um deles

Esta versão se chama Teimoso. Mais simples por fora e por dentro, mas debaixo do capô deste exemplar há surpresas!

O Willys Interlagos era a versão do Alpine A-108 no Brasil

Um modelo Alpine na Europa hoje é muito cobiçado e bem avaliado. Aqui o Interlagos está sendo bem procurado também

Este é um raro conversível Interlagos. Este modelo 1965 é muito bonito e foi premiado! Leia mais sobre o Alpine e o Interlagos

Em qual lugar do mundo este utilitário não fez sucesso? Este é um Jeep CJ-5 Willys fabricado no Brasil.

Os carros da General Motors - A General Motors unia as marcas Chevrolet, Buick, Cadillac, Oldsmobile e Pontiac. Infelizmente as duas últimas já não existem mais.

Grande cupê Buick Super Eight 1947

Este é um Oldsmobile Super 88 de 1956. Foi premiado

Oldsmobile Dynamic 88 1959.

Chevrolet Bel Air 1955. Havia opções com carroceria de duas portas, conversível e perua com duas portas chamada Nomad!  Até 1954 só havia a opção com motores seis cilindros 150 polegadas cúbicas (2.458 cm³)  e 250 (4.096 cm³). Em 1955 havia várias opções de V8.

Chevrolet Bel Air 1956

Chevrolet Byscaine 1963 Impecável com motor seis cilindros com 230 polegadas cúbicas (3.769 cm³) e 140 cavalos

Chevrolet Impala 1963 quatro portas sem coluna. Havia também a versão com colunas sedã e o modelo duas portas, a conversível duas portas e a Station Wagon com quatro portas. Vários motores seis cilindros em linha e também uma grande gama V8.

Chevrolet Impala SS 1964

Chevrolet Camaro LT 1975 sempre presente nos eventos de Juiz de Fora

Chevrolet Caprice 1977 fabricado no Canadá. Belo sedã!

Pontiac Grand-Prix 1976. Foi premiado!  Saiba mais sobre a trajetória deste grande prêmio.

Cadillac DeVille cupê. O fundador da cidade de Detroit, berço dos automóveis norte americanos até a década de 80, foi o francês Antoine de La Mothe-Cadillac. Um desbravador que chegou em terras americanas com 25 anos de idade e o nome Détroit quer dizer estreito em francês. A marca de luxo fundada em agosto de 1902 leva seu nome.

Outro Cadillac DeVille cupê ano 1974. Este, o Buick Riviera e o Oldsmobile Toronado tinham a mesma plataforma e tração dianteira adotada pelo Toronado em 1968.

Cadillac sedã DeVille 1973. Motor V8, 7.735 cm³, 225 cavalos e velocidade máxima de 195 km/h para este que pesa 2.195 quilos.  Premiado!   

Chevrolet Opala Gran Luxo cupê 4100 1974. Premiado!

Leia mais sobre nosso Chevrolet de maior sucesso.

Chevrolet Kadett GSi com carroceria Bertone. Super colecionável!

Picape Chevrolet C-10

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os Carros da Chrysler - A Chrysler reunia as marcas Chrsyler, Dodge, Imperial, Desoto e Plymouth

Impecável Plymouth cupê 1937

Belo Desoto 1930

Belo Desoto 1952 sedã. Iniciou suas atividades em 1928 e terminou em 1961.

Dodge Charger LS 1971. Premiado! Leia mais sobre a linha Dodge Brasil

Belo Dodge Polara

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Um raro americano muito bonito. Um Hudson Commodore 1948.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os Carros da Volkswagen

Este é um belo e raro exemplar do Volkswagen SP-I

O primeiro esportivo VW na Alemanha e no Brasil foi o Karmann-Ghia

Com grande inspiração no Porsche 911 nasceu o Karmann-Ghia TC. Leia mais sobre estes esportivos.

O primeiro veículo fabricado pela Volkswagen no Brasil foi a Kombi. Saiba mais.

Todos os bons encontros contam com a presença do Fusca

Um grande sucesso da Volkswagen: O Brasília. Saiba mais

Fibra com motor Volkswagen

O Puma GT foi o esportivo de maior sucesso nacional com motor VW arrefecido à ar. Abaixo um modelo P-018

Leia a trajetória da Puma Veículos

Outro que fez sucesso foi o MP Lafer réplica do MG TD. Também com mecânica VW traseira com quatrocilindros opostos.

Fibra com motor Opala

O Santa Matilde fez bonito como um carro fora de série com linhas inovadoras e motor Opala seis cilindros. Abaixo o primeiro protótipo que foi recuperado, estava bem deteriorado, mas fizeram uma excelente restauração. Foi encontrado em Três Rios em péssimas condições.

Um exemplar de 1975 mereceu premiação

O mesmo exemplar de outro ângulo e outros modelos de produção.

A presença italiana no Brasil

O primeiro carro de origem italiana produzido no Brasil foi o FNM 2000 ano 1962, lançado em 1961 baseado no Alfa Romeo 2600 italiano. E foi premiado no evento como destaque nacional

Outro belo que estava lá. Ambos exemplares são difíceis de encontrar em bom estado de conservação no Brasil. Foi fabricado até 1973. Em 1974 chegava o Alfa Romeo 2300 baseado no Alfetta italiano.

Este é um Fiat 124 que obteve ótima trajetória em ralis europeus. Este exemplar de 1968 foi premiado.

Outro modelo 124 que está sempre presente nos bons encontros

O Fiat 600 fez sucesso na Itália e na Argentina

O Fiat 147 chegou no Brasil em 1975. Este modelo de 1977 também foi premiado! E teve uma bela carreira. Leia mais

E a bela Ferrari 308 GT Spider

Presença francesa

Um modelo raro, talvez único no Brasil. Este é o Renault Caravelle 1964. Saiba mais.

O primeiro V8 nacional foi o Simca Chambord que foi fabricado aqui entre 1959 e 1967

Presença Inglesa

Sucesso em qualquer encontro faz o Austin Mini Cooper

Réplica do Jaguar XK120 com motor Opala seis cilindros. Esta réplica é autorizada pela empresa de Coventry, Reino Unido

Hot Morris Minor 1949 muito bem feito

Presença alemã

Esta bela BMW 3.0 CSI nasceu para as pistas, mas também encantou as ruas. Foi premiado este modelo 1974 que pode ser visto em várias Corridas de Veículos Históricos de Competição neste site!

Os carros da Porsche

O Porsche 928 rompeu a tradição do 911. Este tinha motor V8 dianteiro...saiba mais.

Os carros da casa Daimler-Benz

Estavam lá vários Mercedes-Benz muito bonitos e marcantes na história da casa alemã Abaixo um modelo 220 S de 1957

Um grande sucesso nos quatro cantos do planeta foi este modelo série W111 fabricada entre 1959 e 1968. Um clássico atraente até hoje!

Mercedes-Benz 280 SL 1969 premiada. Saiba mais sobre todas as gerações deste esportivo brilhante

Um classe S da terceira geração

Um Mercedes-Benz 230 C da série W114/115. Sucesso mundial! Premiada!

Mercedes-Benz Classe S série W126 fabricada entre 1979  e 1992 com motor com cinco cilindros em linha movido a diesel e seis cilindros em linha e V8 a gasolina. A versão 560 SE é um verdadeiro canhão!

Mercedes-Benz SEC. Envelhece, mas não tem rugas!

Mercedes-Benz 190 E 2,6.Saiba mais.

Hot Mercedes-Benz 300 classe W108 década de 70.

-

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A concessionária Mercedes-Benz Minasmáquinas disponibilizou um estande e modelos Benz para testes para visitantes e colecionadores. Muito bom!

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Um colecionador e suas motocicletas

Várias marcas de pequenas e grandes cilindradas que atraiam olhares. Muito interessantes e marcas variadas.

Amigos e bons companheiros

Sempre uma ótima turma. O tema principal pode ser chassi, motor, carroceria, mas nem tudo é máquina

Mineiros, cariocas, paulistas, capixabas...

Vai comprar? Tem ótimos itens de todas as épocas e preços. Vale a pena andar

A Confraternização

A confraternização aconteceu no sábado a noite no amplo e luxuoso Salão Da Vinci do Hotel Gran Victory reunindo imprensa, colecionadores e antigomobilistas. As famílias estavam presentes e foi servido um excelente jantar para cerca de 100 pessoas. Ótimo!

Na parede foi projetado fotos dos automóveis que estavam no evento.

A premiação

A premiação foi comandada por Luis Fernando Bastos que também foi justamente homenageado pelo belo trabalho realizado no evento. O vice-prefeito Antônio Almas também foi homenageado.

Colecionadores de Minas Gerais, Espírito Santo, São Paulo e Rio foram premiados.

Que venha 2019! Será ainda melhor!

Os patrocinadores do evento. Parabéns ao patrocinadores e parceiros. Sem eles não é possível a realização de um belo evento como este.

Hospedagem - Foi cedido pela organização a hospedagem no Hotel Gran Victory . A equipe do site Retroauto aprovou e recomenda. Muito Obrigado!

http://victoryhoteis.com/hoteis/gran-victory-hotel

Agradecimento especial à Luis Fernando Bastos, Eloisio Medeiros,  Henrique Thielmann e a todos amigos de Juiz de Fora presentes neste ótimo encontro. Muito Obrigado!

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto, fotos e montagemFrancis Castaings                               

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Role a página para ver os anteriores

Volte á pagina inicial


Confraternização de Antigomobilistas, Juiz de Fora, Minas Gerais, Dezembro de 2016

Foi no mesmo local do ano passado, onde há dois caramanchões, muito confortáveis, um ótimo bar com churrasqueira e amplo estacionamento que os antigomobilistas de Juiz de Fora, Zona da Mata mineira, receberam muito bem amigos do Rio de Janeiro, de Belo Horizonte, de Conselheiro Lafaeite e de outras cidades para a tradicional confraternização de final de ano. Trata-se de um ótimo espaço gourmet, muito bem decorado e espaçoso.

O evento aconteceu na fazenda do Senhor Olavo de Andrade Reis Villela, colecionador, empresário e aviador. Cerca de 20 automóveis antigos estavam no local para deixá-lo ainda mais agradável. Foi no sábado, dia 3 de dezembro com muito sol. Começou a chegar os visitantes por volta das 12:00 horas e foi até anoitecer.

Muitos amigos se encontraram como sempre para bater um ótimo papo, contar muitos casos, verdadeiros ou não e rir bastante. Uma ótima tarde!

Abaixo um BMW 850 CI ano 1994/95.















E seu V12, 24 válvulas, 4.988 cm³, potência de 300 cavalos. 0 a 100 km/h em 7,4 segundos e velocidade final limitada a 250 km/h.

BMW 2002 "Baur". A Karosserie Baur localizada na cidade de Stuttgart na Alemanha é especializada na conversão de sedãs cupês em conversíveis especiais. Também fez o Opel Kadett C Aero produzido entre 1976 e 1978. Seu correspondente foi fabricado em pequena escala pele Envemo nacional. Chamou-se Chevette Minuano.

Belo e raro esportivo.

Hot Mercedes-Benz 300 classe W108 década de 70.

E sua completa instrumentação.

Personalizado com bom gosto.

Mercedes-Benz E 420. Futuro colecionável. Produzida entre 1995 e 2003 série W210. Veja outros.

Seu motor V8 com 24 válvulas tem 5,0 litros de cilindrada tem 280 cavalos de potência. Sua aceleração é de0 a 100 km/h em 7,0 segundos e velocidade final limitada a 250 km/h.

Cadillac Eldorado 1955.

Muito luxo por dentro.

Estepe Continental e para-choque parrudo

Chevrolet Bel Air cupê 1956. Havia opções com carroceria de cupê (abaixo) quatro portas com ou sem coluna, conversível duas portas e perua( a bela versãoNomad com duas portas e outra com quatro portas). Até 1954 só havia a opção com motores seis cilindros. A partir de 1955 dois motores com seis cilindros em linha e vasta gama de motores V8.

Visto de trás.

Dodge Charger 1970 modelo 500 com motor V8 e 440 polegadas cúbicas (7.210 cm³).

Por dentro do Charger.

Uma revista séria americana chegou a testar um modelo R/T ( Road & Track)  que tinha motor com cabeçote Hemisférico, 6.981 cm³ (426 ci) e 425 cavalos à 5.000 rpm. Fez de 0 a 60 mph (96 km/h) em apenas 4,8 segundos e sua velocidade final foi de 156 mph (251 km/h). Era o sedã esportivo mais rápido do mundo produzido em série em 1968.

Impecável e raro Dodge Charger LS de fabricação nacional.

O conjunto é muito harmonioso.

O V8 do Charger com 5.200 cm³

Dodge Charger R/T.

Belas linhas.

Dodge Magnum. Leia mais sobre os grande Dodge do Brasil.

Puma GT Spider

Outro GT Spider

Mostrando a mecânica 1.600 cm³ arrefecida a ar com quatro cilindros opostos.

E o desempenho de ambos é muito bom. Leia mais sobre o felino brasileiro.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Presenças

Eduardo Abreu Maquetes, o anfitrião Olavo Vilela e o irmão de Luis Fernando, José Guilherme Bastos.

Geraldo e Bruno Vianna Duarte

César Avelar e o Presidente do Clube e aniversariante Luis Fernando Bastos que nos recebeu muito bem!

E a maquete de sua oficina ofertada pelo irmão José Guilherme.

O sempre simpático colecionador Ricardo Kamil, um amigo carioca, Henrique Thielmann, ex- presidente da Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA) e o colecionador Marcelo Berek.

Mateus com o pai Caio Mário Baptista Pereira Presidente do Clube de Automóveis Antigos Rota Real e Diretor Regional da Federação Brasileira de Veículos Antigos (FBVA) na Região Minas II (Alto Paraopeba e Zona da Mata) e o simpático proprietário...

do Charger LS abaixo

O dinâmico senhor José Maria Ferreira e esposa. Ele comandou por anos o Clube do Automóvel Antigo de Juiz de Fora. E é presença importante em todos os eventos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Lá dentro do Galpão.

O Senhor Olavo nos presenteou com uma visita ao galpão para admirarmos a coleção. Abaixo um Um Chrysler Six 1926. Um belo Torpedo. Veja os tipos de carrocerias

Belo Ford A 1929 Standard Roadster.

BMW 2002 ano 1973 ainda em restauro

E seu ótimo motor quatro cilindros em linha.

Alfa Romeo 145

Belo Chevrolet Caravan 1986. Leia mais sobre a linha Opala.

Dodge WC52 Militar

Tinha carrocerias como esta para carregar armas ou soldados , picape e ambulância. Era chamada de Dodge T214 ou 4 x4 Dodge 3/4 toneladas e seu ano de fabricação foi de 1951 e 1952.

Ótimo para passar dias muito agradáveis.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Agradecimento especial à Luis Fernando Bastos e a todos amigos de Juiz de Fora presentes neste ótimo encontro. Muito Obrigado!

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto e fotos Francis Castaings                               

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Volte á pagina inicial