Caravana a la Ciudad de la Plata - Comboio para a Cidade La  Plata

El domingo 15 de Abril el Citroën Club Bs As realizó una caravana a la Ciudad de la Plata con el objetivo de visitar dos lugares emblemáticos: La Ciudad de los Niños y El Museo Rau.

No domingo, 15 de abril, o Citroën Club Bs As fez uma caravana para a cidade de La Plata com o objetivo de visitar dois lugares emblemáticos: a Cidade das Crianças e o Museu Rau.

Saliendo a las 10.30 hs desde el peaje Hudson de la autopista Buenos Aires-La Plata,  los coches del Citroën Club Bs As se encontraron con Miguel Lavalla en la bajada de Villa Elisa, quien los guió hasta la Ciudad de los Niños, donde un lugar exclusivo estaba esperándonos para poder estacionar todos los vehículos. Allí se sumó el clubCitroneros platenses que le dieron un espectacular marco al evento.

Saindo às 10h30 do pedágio de Hudson da rodovia Buenos Aires-La Plata, os carros do Citroën Club Buenos Aires encontraram Miguel Lavalla no caminho de Villa Elisa, que os guiou até a Cidade das Crianças, um lugar especial que estava nos esperando para estacionar todos os veículos. Lá foi se juntou o clube Platenses Citroners que deu uma estrutura espetacular para o evento.

Luego de pasear y almorzar en la ciudad, partimos alrededor de las 15.30 hs, hacia el Museo del automóvil, colección Rau. Nuevamente encabezó la caravana Miguel Lavalla, quien con maestría nos llevó por la ciudad de las diagonales hasta la anhelada calle 1, donde un histórico edificio del año 1875, cobija un importante fragmento de la historia bonaerense.

Depois de caminhar e almoçar na cidade, a saída se deu por volta das 15h30, em direção ao Museu do Automóvel, coleção Rau. Mais uma vez a caravana levou Miguel Lavalla, que magistralmente nos conduziu pela cidade até a entrada pela Rua 1, onde está um prédio histórico de 1875 que é uma edificação importante  da história de Buenos Aires.

Y precisamente al abrir sus puertas, no recibió uno de sus mentores: Jorge Rau, quien con sus jóvenes 80 años, empezó a contar con pasión, la historia de cada vehículo y de cada objeto presente. En una pausa que hizo Don Jorge Rau, aprovechamos a entregarle una mención en reconocimiento a su extensa e invalorable labor. Luego de recorrer el Museo y sorprendernos en cada rincón, terminamos la visita tomando un rico café en el pintoresco Bar “El Gran Premio”, mientras escuchábamos esa curiosa radio rusa, alimentada a querosén. Al final de la jornada, tanto los chicos como los grandes terminaron felices. Recorrimos dos lugares muy distintos, pero el objetivo fue el mismo,  al fin y al cabo, es como dice el cartel expuesto en el museo: “la diferencia entre un hombre y un niño,  está en el tamaño de sus juguetes”.

E precisamente quando abriu as portas, foram recebidos por seu curador: Jorge Rau, que aos 80 anos começou a contar com paixão, a história de cada veículo e cada objeto presente. Numa pausa, Dom Jorge Rau, recebeu uma homenagem pelo reconhecimento do seu trabalho extenso e inestimável. Depois de passear pelo Museu e nos surpreender em cada parada. Terminamos a visita com um delicioso café no pitoresco Bar "El Gran Premio", enquanto ouvíamos aquele curioso rádio russo, alimentado a querosene.

No final do dia, tanto os meninos quanto os adultos acabaram felizes. Passaram por dois lugares muito diferentes, mas o objetivo era o mesmo, afinal, é como o pôster em exposição no museu: "a diferença entre um homem e um menino está no tamanho de seus brinquedos".

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Dentro do Museu

O Museu tem 450 m², dos quais 50 m² são ocupados por um pátio central totalmente envidraçado. Lá está uma uma importante coleção de carros, motos, bicicletas, sinais esmaltados, fornecedores de manusear e manequins que compõem uma atmosfera única, que remonta ao início do século.

Dentre os veículos em exposição você pode apreciar um Ford T Town-Car 1917 (concedido pela FIVA como um veículo de melhor preservação na edição da Exposição Autoclásica em 2011).

Um Durant D6 1929

Um Fiat Topolino 1939

Um Heinkel 1960

Há também bicicletas como Corgi Excelsior de "pára-quedista" e alguns convidados, incluindo uma BMW com sidecar 1960 600 cm³ e Guzzzi. Mas a coleção não termina aqui, pois tem veículos submetidos a restauração como um 1910 Renault, Citroen C6 dupla Phaeton 1930, Peugeot 1917, um Chevrolet Estrada 1939, que correu Esteban Turismo Sokol, Cadillac Fleetwood ano 1960, um Ford A Roadster 1931 , Messerschmitt 1960, Overland 1917 , entre outros.

No pátio, o tanque, as caldeiras, os paralelepípedos, a água de drenagem por meio de gárgulas para completar este espaço relaxamento absoluto. A oficina estava decorada com as ferramentas do pai dos fundadores, juntamente com a bancada de trabalho e a placa de teste de eletricidade. O Bar "The Grand Prize" é responsável pelo lanche após a visita ao local. Oferece uma coleção de Vídeos Automotivos com 50 títulos, onde você pode escolher livremente.

A ideia surgiu do sonho de dois irmãos que, ao longo do tempo, compartilharam mais do que a vida, essa paixão indescritível, mas única, pelos carros. Já quando crianças, eles construíram seu universo ficcional com carros de brinquedo que foram transformados pouco a pouco em carros de tamanho real. E foi assim que Jorge e Cecilio Pablo Rau, aos 18 e 20 anos, compraram seu primeiro "sonho motorizado": um Ford T 1927. Motivado, eles continuaram com a busca de objetos, acessórios, bombas de combustível, etc., que eles pensaram abrigar na parte de trás de sua casa, em um pequeno "museu". A coleção foi aumentando de tal forma que eles tiveram que pensar em procurar um lugar que conservasse a coleção e o entusiasmo.

E foi em 1984 que compraram um ímovel que, além do lugar e material, tinha um valor simbólico. Foi construído em 1875 e funcionou até 1906 como um oratório para os primeiros habitantes da cidade La Plata na província de Buenos Aires.

Eles começaram assim com o trabalho de restauração e juntos continuaram comprando carros tentando não deixar passar aquelas unidades consideradas "únicas". Hoje, depois de muitos anos, (e as mesmas peças de coleção podem mostrar o tempo), Jorge e Cecilio ainda guardaram e intacto aquele passado de brincar e sonhar, aquele mundo de charme e fantasia, o mesmo que tijolo após tijolo, entulho após escombros e vida (tanta vida), conseguiu se tornar o Museu.

O Museu do Automóvel "Coleção Rau", foi declarado de Interesse Legislativo-Cultural pela Resolução D-1944 / 07-08, da Câmara dos Deputados. O Conselho Deliberativo de La Plata, em sua Sessão Ordinária nº 31, realizada em 29 de novembro de 2012, sancionou: Decreto nº 244, Art 1º. Declarada Personalidade Extraordinária da Cultura, pelo seu trabalho de coleta, restauração e fundação do Museu do Automóvel, Sr. Jorge Rau. Declarada de Interesse Turístico e Cultural para o Museu do Automóvel "Coleção Rau", fundada em 4 de março de 2006 em La Plata.

Horários de visitação: O museu está aberto entre fevereiro até o segundo fim de semana de dezembro. Apenas nos dias: Sábado, domingo e feriados (exceto feriados de ponte), das 15 às 19 horas. Para visitas especiais como imprensa, grupos, empresass, consultar: EvelinRau: 0221-15 5025153, e-mail:  coleccionrau@yahoo.com.ar

Onde? Calle 1 121, Casco urbano, b1902cgc, La Plata, Buenos Aires.

Um local para quem gosta de carros e de sua história. Não apenas de uma marca

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os carros dos vistantes

Citroën C4 Lounge, Citroën Visa (1978 - 1988)  e Citroën Berlingo

Vários Citroën 2CV e 3CV argentino. Leia a história deste pequeno famoso

Citroën Traction. Muita estabilidade, monobloco, tração dianteira...lançado em 1934. Saiba mais

Muchas gracias amigo Alejandro Beiroa     

Para ler - Clique no livro para acessar

Picapes Chevrolet - Robustez que conquistou o Brasil

Caminhões FNM 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A História do Automóvel - Três volumes

Uma excelente coleção para quem quer conhecer o mundo ao automóvel é o Box coleção: A História do Automóvel - 3 volumes . O autor é o famoso engenheiro e jornalista José Luiz Vieira um dos responsáveis das edições da antiga revista Motor 3. Estes exemplares citados aqui tem excelente qualidade gráfica e editorial. Vem no formato 19 x 26 x 9 cm. São ao todo 1.320 páginas contando a história de todo automobilismo mundial com muitos textos e fotos. Ele se divide em:

  • Volume 1 - da pré-história a 1908
  • Volume 2 - de 1908 a 1950
  • Volume 3 - de 1950 aos dias atuais

Clique abaixo acessar o site.

Os bons livros da Editora Alaúde. Clique abaixo.

Compre livros de carros nacionais ou estrangeiros na Clique aqui para comprar livros

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Editora Alaúde fez uma tem ótimos livros sobre os carros brasileiros e estrangeiros. Clique sobre a figura e acesse.

Vários bons títulos.

Ambos em capa dura e são muito ricos em fotos e dados. Clique sobre a figura para acessar.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Gracias amigos de Argentina. As fotos e o texto deste artigo foram cedidos gentilmente por Alejandro Beiroa

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto, tradução e montagem:  Francis Castaings - Fotos Alejandro Beiroa      

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Role a página para ver artigos anteriores

Volte a página principal do site.

Expo Auto Argentino

El 25 de marzo se realizó la 9ª edición de Expo Auto Argentino,  exposición anual que reúne a los vehículos fabricados en Argentina, sin distinción de marcas o modelos.

Onde? Moreno na Província de Buenos Aires (J. Miró e Estrada Provincial Nº 7)

Em 25 de março passado se realizou a 9ª edição da Expo Auto Argentino, exposição anual que reúne veículos fabricados na Argentina sem distinção de marcas ou modelos.

Este año el Citroën Club Bs As rindió homenaje a los 70 años del 2cv y por tal motivo expuso varios modelos fabricados por Citroën Argentina durante la década del 60 y 70. El vehículo más antiguo fue un 2cv 1961, al cual lo acompañaron 5 ejemplares del Citroën 3cv producidos en los años 70.

Este ano o Citroën Club Buenos Aires rendeu homenagem aos 70 anos do modelo 2CV e por este motivo foi exposto vários modelos fabricados pela Citroën Argentina durante das décadas de 60 e 70. O veículo mais antigo era um 2CV 1961 e este estava acompanhado de cinco exemplares do Citroën 3 CV produzido na Argentina nos anos 70.

Se expuso también un IES América 1986 (vehículo derivado del 3cv, fabricado por las Industrias Eduardo Sal-Lari). Esta exposición fue una buena ocasión para presentar el exclusivo logo del CCBA, conmemorativo a los 70 años del 2cv.

Foram expostos também um IES América 1986 (veículo derivado do 3 CV, fabricado pela Indústrias Eduardo Sal-Lari, abaixo à esquerda na cor laranja). Esta exposição foi uma boa ocasião de apresentar um exclusivo logo da CCBA (Citroën Club Buenos Aires) comemorativo aos 70 anos do 2 CV

Entre los otros Citroën expuestos en Expo Auto Argentino, encontramos  varios Mehari´s del Club Mehari  y un 2cv 1968 traído por un expositor particular.

Entre outros exposto estavam vários Citroën Méhari do Clube Méhari  e um 2CV que foi também exposto por um colecionador. O utilitário Méhari foi fabricado em plástico reforçado com fibra de vidro. Leia mais sobre o Citroën 2CV

También había un sector dedicado a IES con los siguientes ejemplares expuestos: IES 3cv, IES SúperAmérica, Furgoneta, Gringa y Gringo.

Também havia um setor dedicado à IES com os seguiinte exemplares expostos: IES 3cv, IES SúperAmérica, Furgoneta, Gringa e Gringo também fabricados em lástico reforçado com fibra de vidro (abaixo). Merecem ser preservados, são muito interessantes!

Entre los vehículos de raíces americanas, se destaca una Kaiser Caravella Limousina, que pronto tendrá una merecida restauración.

Entre os veículos de origem americana se destacou um Kaiser Caravella Limusine que receberá uma restauração. Este carro é derivado do Kaiser Manhattan fabricado lá nos Estados Unidos em 1953. O modelo sedã terá pauta em breve.

Como cada año, hubo atracciones para todos: Automobilia, Autojumble, Arte automotriz (pinturas y esculturas), además de las interesantes charlas técnicas e históricas dadas en la carpa principal.

Em cada ano há várias atrações: Automobilia, Autojumble (venda de peças usadas) arte Auto motriz (pinturas e esculturas e também interessantes palestras técnicas e históricas na tenda principal do evento.

Durante la tarde los jueces de FACAH (Federación Argentina de Clubes de Autos Históricos) realizaron el habitual concurso de estado, el cual arrojó los siguientes resultados:

Na parte da tarde os juízes da FACAH (Federação Argentina de Clubes de Autos Históricos) realizaram, como sempre,  concurso de avaliação de carros dos carros expostos.

Categoría F: 1º Puesto/1º Lugar : Autoar NSU Prinz 1960. A NSU Motorenwerke AG sediada na cidade de Neckarsulm, Alemanha, foi absorvida pela Volkswagen em 1967.Mas antes fazia carros muito interessantes como este pequeno com motor, cujo nome era Ultramax. Era um bicilíndrico, arrefecido a ar e tinha como particularidade, um carter único para o motor e a transmissão. O modelo 1000 sedã também fez muito sucesso. E o revolucionário NSU Ro 80 com motor rotativo Wankel.

Outro

2º puesto/2º lugar: Ford Falcon 1962

Categoría G:

1º puesto/1ºlugar: Fiat 125 1972

2º puesto/1ºlugar : Peugeot 504SES 1978

 Interés Especial/Interesse Especial

1º puesto/1º lugar: Renault 12 TL 1993. Abaixo um modelo Alpine

2º puesto/2º lugar: Fiat Spazio TR 1996

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Felicitamos a los organizadores, Autohistoria-Coche Argentino y Rotary Club de Francisco Álvarez, por la iniciativa y por el esfuerzo de mantener viva la historia automotriz argentina.

Agradecemos aos organizadores Autohistoria-Coche Argentino e Rotary Club de Francisco Álvarez, pela iniciativa e pelo esforço de manter viva a história automotriz argentina. Texto: Alejandro Beiroa - Marzo 2018

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Outros Muito Interessantes

Dodge Chrysler

Um Chrysler Valiant IV GT ano 1966 fabricado pela empresa Chrysler Fevre Argentina. Em 1962 foi lançado o primeiro automóvel da Chrysler produzido na fábrica de San Justo. Era o Valiant V200, um sedã de quatro portas de dimensões compactas de origem norte-americana.

Picape Dodge D-100. Esta fazia parte da segunda geração e podia estar equipada com o motor seis cilindros Slant-Six e vários V8 com potências e cilindradas variadas. Um dos mais usados era idêntico ao nosso 512 dos sedãs Dodge Dart.

Belo Dodge GTX. Este cupê esportivo era derivado do sedã Coronado. O GTX que vinha com o motor Slant Power A119 e a GTX V8 com oito cilindros em “V”. Vindo do México esta motorização tinha cilindrada de 5.210cm³ (318), taxa de compressão de 8,5:1 e potência de 212 cavalos a 4.400 rpm. O ótimo toque era de 42,6 mkgf a 2.600 rpm e era alimentado por dois carburadores Carter BBD. Com direção hidráulica e freios a disco dianteiros, seu peso era 1.525 quilos. Como nos nossos, o consumo era alto. Porém a prestação de serviço também: Fazia de 0 a 100 km/h em 10 segundos e sua velocidade final era de 189 km/h.

Ford Argentina( Produção em General Pacheco)

O Ford Falcon fez grande carreira na Argentina. Quase meio milhão de unidades e 30 anos em produção. Esta foi lançada em 1968 e foi produzida até 1991. Era a Falcon Futura Rural com motor seis cilindros, 3.064 cm³ e 116 cavalos. A versão picape Ranchero foi lançada em 1973. Leia mais sobre a Ranchero americana e argentina.

Renault Indústrias Kaiser Argentina e depois Renault SAS

O Renault 4L foi produzido na França e também na Argentina.

E uma versão furgão. Leia mais sobre o pequeno grande R4L

Um Peugeot 403 e dois Renault: Um Dauphine e um Gordini. Foram também fabricados no Brasil. Saiba mais.

Fiat Argentina

Três modelos 600 D. Os primeiros foram produzidos na antiga planta da cidade de Caseros em 1960. Depois na cidade de Palomar e Berazategui. Hoje está em Córdoba.

Um Riley Four derivado do Austin Cambridge. Era uma versão mais luxuosa do Austin. Na Argentina era o Siam Di Tella 1500

Belos modelo DKW da Auto Union Argetinba. Dois bens conhecidos nossos, o Belcar aqui e lá chamado de 1000 e o modelo esportivo 1000 Sp

E um interessante Isard T 700 argentino. Um carro de pequena produção e por isso raro e exclusivo! Motor NSU alemão dianteiro e tração traseira. Dois cilindros, arrefecido à ar, 682 cm³ e 30 cavalos à 4.900 rpm. Velocidade final de 112 km/h!

Volkswagen Kombi 1982. Leia mais sobre a Kombi

Uma simpática Lambretta SIAM

E o Micro Carro De Carlo

Detalhes interessantes do micro carro.

Para ler - Clique no livro para acessar

Picapes Chevrolet - Robustez que conquistou o Brasil

Caminhões FNM 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A História do Automóvel - Três volumes

Uma excelente coleção para quem quer conhecer o mundo ao automóvel é o Box coleção: A História do Automóvel - 3 volumes . O autor é o famoso engenheiro e jornalista José Luiz Vieira um dos responsáveis das edições da antiga revista Motor 3. Estes exemplares citados aqui tem excelente qualidade gráfica e editorial. Vem no formato 19 x 26 x 9 cm. São ao todo 1.320 páginas contando a história de todo automobilismo mundial com muitos textos e fotos. Ele se divide em:

  • Volume 1 - da pré-história a 1908
  • Volume 2 - de 1908 a 1950
  • Volume 3 - de 1950 aos dias atuais

Clique abaixo acessar o site.

Os bons livros da Editora Alaúde. Clique abaixo.

Compre livros de carros nacionais ou estrangeiros na Clique aqui para comprar livros

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Editora Alaúde fez uma tem ótimos livros sobre os carros brasileiros e estrangeiros. Clique sobre a figura e acesse.

Vários bons títulos.

Ambos em capa dura e são muito ricos em fotos e dados. Clique sobre a figura para acessar.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Gracias amigos de Argentina. As fotos e o texto deste artigo foram cedidos gentilmente por Alejandro Beiroa

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto, tradução e montagem:  Francis Castaings - Fotos Alejandro Beiroa      

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Role a página para ver artigos anteriores

Volte a página principal do site.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Alfa Romeo Club Argentina - La Fiesta del Raduno Italiano

Uma grande festa que reuniu carros clássicos italianos, modernos também, que ultrapassou a expectativa inicial de 50 inscrições. Aconteceu no dia 23 de março passado em Cardales, cidade ao norte de Buenos Aires, Argentina. Carros das marcas Alfa Romeo, Fiat, Maserati, Lancia ... uma reunião de amigos num belo lugar e logicamente com massas e vinhos! A participação da família, incluía todas as gerações

O tempo não estava bom da manhã, mas ao passar do dia o sol se fez presente.

Onde? Cardales

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os carros de Nicola Romeo

Alfa Romeo Giulietta produzida entre 1954 e 1965 (Tipo 750/101)

Um belo modelo, porte pequeno, que seduziu gerações. A versão Ti tinha 1.290 cm³ e 84 cavalos à 6.200 rpm. Chegava a 155 km/h! ótimos números para a última versão de 1965.

Alfa Romeo Giulia GT 1600 Spider. Tinha 1.570 cm³, 106 cavalos à 6.000 rpm, era alimentado por um carburador duplo em posição invertida, marca Solex, cambio de cinco marchas e pesava 885 quilos. Velocidade máxima de 172 km/h

Alfa Romeo 1300 Junior

Alfa Romeo Giulia GTA "Scalino". A palavra Scalino em italiano que dizer degrau. No projeto original era previsto uma entrada de ar, mas os designers optaram por deixar o capô levemente levantado. Ficaria mais em conta para produzir! Foi produzido entre 1968 e 1971.

Alfa Romeo Giulia 1750 GT Veloce. Leia mais sobre este que fez sucesso nas ruas, estradas e pistas

Uma versão esportiva do Alfasud denominada Alfasud Sprint Veloce 1.5. O Alfasud nasceu em 1972 para ser um carro base da linha Alfa Romeo em versão duas e quatro portas. Ainda foi lançada, em 1975, uma interessante perua duas portas chamada Giardinetta.

O Alfetta tinha um desenho muito equilibrado e bonito. Nosso Alfa Romeo 2300 foi baseado nele

Alfa Romeo Alfetta GTV. Saiba mais.

Outro belo GTV

Alfa Romeo Montreal

Um esportivo lindo que recebeu prêmio Categoría Pre-FIVA (mais de 30 anos). Saiba mais sobre este Alfa.

Alfa Romeo 75. Era equipado com motor quatro cilindros em linha com duplo comando 1,6 litros e 1,8 litros turbo e 2 ,0 litros. E mais atraente um V6 com 2,5 e outro com 3.,0 litros. Era um modelo muito apreciado pelos Carabinieri (famosa polícia especial italiana). Foi produzido entre 1985 e 1992. O modelo abaixo é um 2.0 Twin Spark

Outro 75 muito bonito!

Em 1994 chegava o modelo 145 que foi fabricado até 2001 com motores 1,4 litros, 1,6 e 1,7 com 16 válvulas. Também o Twin Spark (duas velas por cilindro) 16 Válvulas com 1,4 litros, 1,6, 1,8 e com 2,0 litros sendo que este tinha 155 cavalos.

Alfa Romeo 146. Podia ser equipado com motor quatro cilindros boxer ou em linha. Partia de 1,3 litros, 1,6 e 1,8 na configuração boxer. O mais atraente era o Twin Spark 2,0 litros com 187 cavalos e velocidade final de 215 km/h! Motores diesel também estavam disponíveis.

Um modelo 146 Ti (Turismo Internazionale)

Outro belo 146

Alfa Romeo 156. Um dos mais belos sedãs da década de 90! Vasta gama de motores sendo o GTA V6 com 3.179 cm³ e 250 cavalos à 6.200 rpm. Fazia de 0 à 100 km/h em 6,3 segundos e velocidade máxima de 250 km/h! Preparado pela famosa Autodelta, o GTA, para cumprir o regulamento, correu com um motor quatro cilindros, 2,0 litros e cerca de 300 cavalos. Fez bonito nas hábeis mãos de Nicola Larini e Gabriele Tarquini por exemplo no ETCC (European Touring Car Cup) em 2000, 2001, 2002, 2003 e 2004.  A linda perua Sportwagon Q4 tinha opção de tração 4x4. Foi substituído pelo modelo 159. O 156 já é um neo clássico!

Alfa Romeo GTV Coupé Spider lançado em 1995 com desenho da casa Pininfarina. Seu desenho arrojado e muito bonito lhe rendeu vários prêmios de designer na Europa.

Havia um motor com quatro cilindros em linha, 1.970 cm³ e 150 cavalos à 6.200 rpm. O mais apreciado era o V6 com 2.959 cm³ alimentado com turbo gerando 200 cavalos e velocidade final de 235 km/h!

O modelo 4 C foi apresentado como conceito em março de 2011

Em 2013 apresentado nas versões cupê e spider e foi para as ruas e estradas...

Sua carroceria é toda em fibra de carbono. Fabricada em Modena, pesa menos que 1.000 quilos, tem um quatro cilindros com 1.742 cm³ e 240 cavalos à 6.000 rpm. Tem caixa de seis marchas com câmbio TCT (Twin Clutch Transmission), aceleração de 0 a 100 km/h em 4,5 segundos e velocidade final de 258 km/h!

Os amigos conversando sobre carros italianos

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os carros de Vincenzo Lancia

Um raro Lancia Appia B12 Sedan Berlina

Este sedã foi produzido entre 1954 e 1956. Foi desenhada pelo estúdio Ghia e fabricado por Pininfarina. Numa versão mais potente abrigava um V4 com 1.089 cm³ e 56 cavalos.

Lancia Fulvia cupê numa versão mais civilizada, mesmo assim com ótimas prestações. Tinha 1.216 cm³, 80 cavalos à 6.000 rpm, alimentado por um carburador de corpo duplo da marca Weber. Velocidade máxima de 160 km/h.

E o modelo que fez arrepiar a concorrência. O Fulvia Rallye 1.6 HF. Era o carro a ser enfrentado nos ralis da Europa. Venceu o campeonato mundial de rali em 1972.  O primeiro Fulvia esportivo foi o 1200 HF, preparado para as competições, foi lançado em 1966. A sigla HF Squadra Corse era da  equipe de competição da Lancia há três anos antes. A potência era de  88 cavalos, 1.216 cm³ e suas portas e capôs eram em alumínio, janelas laterais em plástico e era desprovido de para-choques. Aliviava o peso e também ficava mais agressivo. Com mais preparação passou a ter 108 cavalos 7.000 rpm. Em 1967 o V6 com 1,3 litros tinha 100 cavalos e pesava apenas 825 para a versão de pista e 970 quilos para as ruas.

O novo Rallye 1300 HF chegava à ótimos 174 km/h. A fábrica queria mais potência! O 1600 HF gerava 114 cavalos, caixa de cinco marchas e cambio e diferencial especiais. As primeiras vitórias foram no campeonato europeu. Em 1970 chegavam novas versões dos motores de 1,3 e 1,6 litro ( 1.584 cm³) .Ganhou o Mundial de Rali de 1972 e no ano seguinte o europeu. A versão apresentada neste passeio, a Monte Carlo tem pintura vermelha, capô e porta-malas em preto, quatro grande faróis apelidados de "Fanalone", faróis de neblina, volante em couro e câmbio de cinco marchas com relações mais curtas. tinha dois carburadores de corpo duplo, despejando 90 cavalos. Chegava a 170 km/h.

Lancia Beta HPE era uma versão mais sofisticada do Beta cupê 1600 que foi lançado em 1973 e o HPE em 1975. O Beta tinha tração dianteira, motor com quatro cilindros em linha, 1.592 cm³ 90 cavalos à 6.000 rpm. Chegava à 180 km/h. O modelo HPE era considerado um modelo mais familiar!

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os carros da Fábrica Italiana de Automóveis de Torino

Belo Fiat que teve versões 1300 e 1500. Nesta tinha tração traseira, 1.481 cm³ e 75 cavalos à 5.400 rpm. Sua velocidade final era de 155 km/h. Havia também a carroceria Familiare (Giardinetta).

Fiat 1500 cupê de fabricação argentina, ano 1970

Fiat 125 Sport também de fabricação argentina.

Fiat X 1/9 lindo esportivo desenhado pela casa Bertone. Saiba mais,

Fiat Barchetta fabricado entre 1994 e 2005 com 1.747 cm³, quatro cilindros em linha e 130 cavalos. O pequeno esportivo chegava à 205 km/h em 9,0 segundos.

Fiat Bravo HGT. Tinha cinco cilindros em linha, quatro válvulas por cilindro, 1.998 cm³ e 155 cavalos. Fazia de 0 à 100 km/h em 8,2 segundos e final de 205 km/h! Pequeno canhão!

Fiar Coupé lançado em 1994 sobre a plataforma do Tipo. Motor com quatro cilindros em linha, 1.995 cm³, duplo comando de válvulas e 142 cavalos à 6.000 rpm. Sua versão 2.0 Turbo tina 195 cavalos, chegava à 225 km/h e fazia de 0 a 100 km/h em 7,5 segundos!

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os Carros de Alfieri Maserati

Maserati Cambiocorsa Coupè. Lançado em julho de 2001 o Coupé/GranSport tem um ótimo V8 com 4.244 cm³, 32 válvulas e em 2005 foi apresentada a vesrão Cambiocorsa que é um cambio robotizado, com aletas no volante, seis marchas, fazendo 0 a 100 km/h em 4,8 segundos e velocidade final de 285 km/h. Um esportivo rápido, muito bonito e luxuoso.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os 50 carros inscritos ficaram estacionados em 45 graus pelas belas ruas de Cardales. E no entorno da monumental Catedral de San Isidro 

No local estava um jurado para julgar os melhores do evento. O jurado foi composto por Guillermo Viacava, presidente do Clube de Automóveis Clássicos,  Juan Pablo Vignau e Miguel Marroco, que selecionaram dos melhores veículos pré e pós FIVA.

Os amigos, a premiação e a celebração

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os premiados

Categoría Pre-FIVA (mais de 30 anos)

1º Alfa Montreal de Marcelo Beruto

2º Alfa Alfetta GT 1600 de Adolfo Ablatico

3º Alfa Giulia 1750 GT Veloce, de Carlos Eddi

Categoría Post-FIVA (menos de 30 años)

1º Maserati Cambiocorsa Coupè, de Gabriel Reggio

2º Alfa 75 2.0 TwinSpark, de Sergio Moretti

3º Fiat Bravo HGT, de Sergio San Martín

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Presentes e Regalos

Os participantes foram recebidos degustando ótimas bruschettas, que antecedeu um ótimo menu italiano que acompanhado de ótimos vinhos do patrocinador Bodega Dante Robino com seus vinhos de uvas Malbec e Bonarda. Houve também o sorteio de 20 kits de massa e molhos da marca De Cecco, outro patrocinador do Raduno Italiano.

Também: O livro GP Argentina F1 1953 cortesia de Cristian Bertschi e White Fly e alguns números da ótima revista Ruedas Clásicas.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Nota: Agradeço aos amigos do Alfa Romeo Club Argentina, à Francisco Yantorno pela cessão de fotos deste ótimo encontro. Muito obrigado, Muchas Gracias!


Para ler - Clique no livro para acessar

Picapes Chevrolet - Robustez que conquistou o Brasil

Caminhões FNM 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A História do Automóvel - Três volumes

Uma excelente coleção para quem quer conhecer o mundo ao automóvel é o Box coleção: A História do Automóvel - 3 volumes . O autor é o famoso engenheiro e jornalista José Luiz Vieira um dos responsáveis das edições da antiga revista Motor 3. Estes exemplares citados aqui tem excelente qualidade gráfica e editorial. Vem no formato 19 x 26 x 9 cm. São ao todo 1.320 páginas contando a história de todo automobilismo mundial com muitos textos e fotos. Ele se divide em:

  • Volume 1 - da pré-história a 1908
  • Volume 2 - de 1908 a 1950
  • Volume 3 - de 1950 aos dias atuais

Clique abaixo acessar o site.

Os bons livros da Editora Alaúde. Clique abaixo.

Compre livros de carros nacionais ou estrangeiros na Clique aqui para comprar livros

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Editora Alaúde fez uma tem ótimos livros sobre os carros brasileiros e estrangeiros. Clique sobre a figura e acesse.

Vários bons títulos.

Ambos em capa dura e são muito ricos em fotos e dados. Clique sobre a figura para acessar.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto, tradução e montagem:  Francis Castaings -  Fotos: AKPHOTOS.COM.AR       

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Role a página para ver artigos anteriores

Volte a página principal do site.

Visita ao Uruguai

O Uruguai é um país pequeno e Montevidéu é uma cidade que tem por volta de um milhão e meio de habitantes. Não há engarrafamentos e o trânsito não é violento tão pouco as ruas. Os habitantes são muito amáveis e estão sempre prontos para ajudar, dar informações úteis e contar um pouco da história deles. A diversidade de automóveis é grande e aqueles das décadas de 60 e 70 estão presentes nas calmas ruas da capital. A maioria é europeia, mas todos muito interessantes. Seria bom ver todos restaurados, mas creio que a maioria em breve visitará a oficina. Vamos às fotos.

Um Mercedes-Benz 250 SE

Mercedes-Benz série W114/W115. Saiba mais.

Mercedes-Benz série W123 que sucedeu a série acima. Tinha carroceria com quatro portas, duas e perua. Era afamada pela robustez e suas versões diesel podiam receber um turbo. Foi apresentado ao público em janeiro de 1976. Motores com quatro ou seis cilindros em linha.

Mercedes-Benz 280 SLC. Foi a terceira geração da série SL. Saiba mais.

Este mais novo. Modelo 300  SD. Lá quanto na Argentina carros de passeio podem ter motorização diesel. 

Ainda com os carros vindos da Alemanha. Um BMW série 5 modelo 520 com motor de seis cilindros em linha, 1.990 cm³ e 122 cavalos à 6.000 rpm. Foi lançado em setembro de 1972. 

Opel Rekord C surrado, mas recuperável que deu origem ao nosso Chevrolet Opala. Saiba mais.

Um Opel Rekord 2.0 geração E que foi produzido na Alemanha entre 1977 e 1986. Depois foi batizado como Omega.

Outro Rekord da mesma geração

Este não é um Opel Kadett Caravan! É um Grumett! Um Chevette com carroceria de plástico reforçado com fibra de vidro fabricado no Uruguai. A mecânica é a mesma de nosso Chevette. O primeiro Grumett foi a perua 250M Rural ( abaixo) . Veja a diferença na ponta do capô acima da grade bi-partida. O restante idêntico a perua Marajó brasileira. Leia mais sobre.

Este é um Chevette brasileiro que foi exportado para lá.

Um Renault 12 que foi fabricado na França, na Argentina e na Romênia e lá se chamava Dacia. Era o projeto "M" do nosso Ford Corcel. Saiba mais.

Continuando com modelos franceses abaixo um Citroën Méhari que usou a mesma mecânica do Citroën 2CV

Um Peugeot 504 precisando de reformas. Leia mais

Um Peugeot 205. Foi um sucesso na Europa e nos ralis mundiais ganhou em 1984, 1985 e 1986. Um dos pilotos foi Ari Vatanen. Em breve toda a história no site.

Este é um 205 Cabriolet

Vamos para a Itália? Um Fiat 600 D. Sua versão Abarth colocava muitos grandes para trás!

Um modelo Fiat 128. Foi o primeiro Fiat tração dianteira.

E o utilitário Campagnolo. Seus concorrentes eram os ingleses Land Rover, o Gipsy da Austin Motor, muito semelhante ao Land Rover, o alemão DKW Munga (Candango) , o americano Jeep CJ-5 e o International Scout, os japoneses Nissan Patrol e o Toyota Land Cruiser, quase idêntico ao nosso Bandeirante e o russo Ulyanowsk UAZ 469

E um Cinquecento fabricado entre 1991 e 1998. Sucedeu o modelo 126. Compacto e muito econômico!

Um Fiat Panda em estado impecável. Tinha motor com dois cilindros em linha longitudinal, quatro em linha transversal com 903 cm³.  A versão 4 X 4 enfrentava facilmente os grandes!

Para a Inglaterra vamos num Austin/Morris Mini 1275 GT. Em breve no site. Sabia que havia nesta época uma versão perua com lateral fechada (Morris Mini-Van ¼ Ton), com vidros laterais e madeira na lateral (Clubman Countryman) e a picape Utility?

Um Austin Maestro sucedeu o Allegro e não obteve muito sucesso.

Um Ford Escort MK II. Este tinha tração traseira, foi muito utilizado em ralis, sendo campeão mundial em 1979 e 1981 com a versão RS1800. Após esta geração foi lançada em 1980 a mesma fabricada aqui a partir de 1984.

Dos Estados Unidos um Chevrolet Bel Air 210 ano 1955

Impecável picape International Harvest

Um Jeep Wagon que aqui se chamou Willys Rural Jeep e na Argentina Jeep Estanciera.

Ford Fairlane Ranch Wagon. Era a terceira geração do Fairlane produzida entre 1959 e 1961.

Imensa!

Ford Falcon argentino. Grande sucesso por lá! Por volta de meio milhão de unidades em 30 anos de fabricação nas versões sedã quatro portas, perua Rural Futura e Ranchero (saiba mais).

Volvo série 700. Os 740 tinham quatro cilindros e os 760 seis. Lançado na década de 80 enfrentou bem parte dos anos 90 principalmente o modelo perua como este abaixo.

As fotos acima foram tiradas em abril de 2012

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As fotos do amigo Felipe Chernicharo. A que está no topo da página é do mesmo.

Volkswagen Kombi picape. Saiba mais sobre este utilitário universal.

Visto o escapamento, não deve ser mansa!

BMW 320 série E30. Este modelo veio dos Estados Unidos. Os para-choques mais espessos e com polainas delatam a origem. Esses para-choques começaram a ser exigidos nos Estados Unidos na década de 70 para atender à normas de segurança. Até os americanos concordavam que até o modelo mais bonito do mundo ficava com aparência pior com eles. Mercedes, Alfa, MG, BMW... sofreram!

Picape Chevrolet 3100 da linha Advanced designer produzida entre 1947 à 1955. Eram os novos produtos pós-guerra americanos!

A ferrugem não atrapalha a bela vista com este Vauxhall Velox. A Vauxhall era a filial Opel da Inglaterra. A Opel A.G. foi absorvida pela General Motors em 1929 e em 2017 adquirida pelo grupo francês PSA (Peugeot Citroën Société Anonyme).

Ônibus Mercedes-Benz O-321 HL já com estrutura monobloco. Este certamente é um hotel sobre rodas!

Agradeço à ótima contribuição à Felipe Chernicharo.

E as placas...

Para ler - Clique no livro para acessar

Picapes Chevrolet - Robustez que conquistou o Brasil

Caminhões FNM 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A História do Automóvel - Três volumes

Uma excelente coleção para quem quer conhecer o mundo ao automóvel é o Box coleção: A História do Automóvel - 3 volumes . O autor é o famoso engenheiro e jornalista José Luiz Vieira um dos responsáveis das edições da antiga revista Motor 3. Estes exemplares citados aqui tem excelente qualidade gráfica e editorial. Vem no formato 19 x 26 x 9 cm. São ao todo 1.320 páginas contando a história de todo automobilismo mundial com muitos textos e fotos. Ele se divide em:

  • Volume 1 - da pré-história a 1908
  • Volume 2 - de 1908 a 1950
  • Volume 3 - de 1950 aos dias atuais

Clique abaixo acessar o site.

Os bons livros da Editora Alaúde. Clique abaixo.

Compre livros de carros nacionais ou estrangeiros na Clique aqui para comprar livros

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Editora Alaúde fez uma tem ótimos livros sobre os carros brasileiros e estrangeiros. Clique sobre a figura e acesse.

Vários bons títulos.

Ambos em capa dura e são muito ricos em fotos e dados. Clique sobre a figura para acessar.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto, fotos e montagem:  Francis Castaings        

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Role a página para ver artigos anteriores

Volte a página principal do site.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

El Citroën Club Bs As eligió al Auto del Año en su edición 2017

O Citroën  Clube Buenos Aires elegeu o Carro do ano em sua edição de 2017

El pasado domingo 5 de noviembre y en una magnifica tarde soleada, el Citroën Club Buenos Aires realizó el último encuentro del año y premió a los vehículos ganadores en las diferentes categorías que se desarrollaron durante este ciclo 2017.

No primeiro domingo do mês, dia 5 de novembro de 2017, numa bela tarde ensolarada, o Citroën Clube de Buenos Aires, capital da Argentina, realizou o último encontro do ano e premiou veículos ganhadores em diferentes categorias que ocorreram durante o ano de 2017. Leia sobre o Citroën 2CV e o Traction

Concurso de Elegancia/ Concurso de Elegância En este concurso, los socios eligen a través de su voto al automóvil más elegante. El ganador fue el 3cv 1972 de Rodrigo Quiroga. Este concurso os sócios elegem através de voto o automóvel mais elegante.  O ganhador foi o Citroën 3CV ano 1972 de Rodrigo Quiroga

Concurso de Originalidad: Los jueces de la Federación Argentina de Clubes de Vehículos Históricos (FACAH), inspeccionan cada automóvil y lo califican según su estado de conservación. El ganador fue el 3cv 1971 de Pascual Migale.

Concurso de Originalidade: Os juízes da Federação Argentina de Clubes de Veículos Históricos (FACAH) inspecionaram cada automóvel e qualificaram segundo seu estado de conservação. O ganhador foi o Citroën 3CV ano 1971 de Pascual Migale.

Concurso Auto Contemporáneo: Elegido por la Comisión Directiva del Club, el ganador fue el Saxo VTS de Fabián Di Tata.

Concurso de Automóvel contemporâneo; Foi eleito pela comissão diretora do Clube e o ganhador foi o Citroên Saxo VTS de Fabián Di Tata. O pequeno e simpático Saxo foi fabricado entre 1996 e 2003

Mejor Automóvil expuesto por el Citroën Club Bs As en Autoclasica  2017: O 7cv 1938 de Eduardo Colombo. O melhor Automóvel exposto pelo Citroën Clube Buenos Aires na exposição Autoclasica 2017: O Citroën Traction 7cv 1938 de Eduardo Colombo.

Premio Citrobaires interés especial: Dyane 6 1980 de Ricardo Argüello. Prêmio Citroën Bueno Aires especial. Um modelo Dyane 6 ano 1980 de Ricardo Argüello

Este evento fue realizado en la Escuela-Museo Fundación Lory Barra, ubicada en el partido de San Isidro (Provincia de Buenos Aires) y es uno de los eventos más esperados por todos los socios del club, debido a su carácter emotivo.Este evento foi realizado na Escola Museu Fundação Lory Barra localizada em San Isidro (Província de Buenos Aires) e é um dos eventos mais aguardados por todos os sócios do clube devido ao seu caráter emotivo.

También fue una excelente oportunidad para entregar las siguientes distinciones especiales: Também uma excelente oportunidade para a entrega de troféus especiais.

Também foi uma excelente oportunidade para entregar as seguintes homenagens especiais à:

  • Javier Jauregui: Por su colaboración permanente con el Citroën Club Bs As. Pela sua colaboração permanente com o Citroën Clube de Buenos Aires.
  • Francisco Romanelli(Fundación Lory Barra), por su colaboración en el evento. Pela sua colaboração com o evento
  • Fernando De Stefano, por ser el autor de las diferentes tapas de la revista Citrobaires (que en este año celebra su 15º aniversario). Por ser o autor das diferentes capas da revista Citrobaires (que este ano celebra seu 15º aniversário)

Momentos: Amigos, sócios e proprietários. Confraternização

Nota: Bienvenidos ao sitio Retroauto amigos de Citroën Argentina. Lá, em Buenos Aires, na Exposição Autoclásica 2017,ganhei um ótimo exemplar da revistas "Citrobaires" (Citroën Buenos Aires).  Muchas Gracias!

Gracias amigos de Argentina. As fotos e o texto deste artigo foram cedidos gentilmente por Alejandro Beiroa (de camiseta vermelha)

Para ler - Clique no livro para acessar

Picapes Chevrolet - Robustez que conquistou o Brasil

Caminhões FNM 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A História do Automóvel - Três volumes

Uma excelente coleção para quem quer conhecer o mundo ao automóvel é o Box coleção: A História do Automóvel - 3 volumes . O autor é o famoso engenheiro e jornalista José Luiz Vieira um dos responsáveis das edições da antiga revista Motor 3. Estes exemplares citados aqui tem excelente qualidade gráfica e editorial. Vem no formato 19 x 26 x 9 cm. São ao todo 1.320 páginas contando a história de todo automobilismo mundial com muitos textos e fotos. Ele se divide em:

  • Volume 1 - da pré-história a 1908
  • Volume 2 - de 1908 a 1950
  • Volume 3 - de 1950 aos dias atuais

Clique abaixo acessar o site.

Os bons livros da Editora Alaúde. Clique abaixo.

Compre livros de carros nacionais ou estrangeiros na Clique aqui para comprar livros

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Editora Alaúde fez uma tem ótimos livros sobre os carros brasileiros e estrangeiros. Clique sobre a figura e acesse.

Vários bons títulos.

Ambos em capa dura e são muito ricos em fotos e dados. Clique sobre a figura para acessar.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Tradução e montagem Francis Castaings  - https://www.facebook.com/retroauto.franciscastaings                              

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Volte a página principal do site.