X ÉDITION DU MAROC HISTORIC RALLY - X EDIÇÃO DO RALI HISTÓRICO DO MARROCOS

Véritable renaissance du Rallye du Maroc de la grande époque, épreuve qui fut une manche du Championnat du monde des rallyes et qui a consacrée les plus grands, le Maroc Historic Rally propose aux pilotes un terrain de jeu et une ambiance inégalables.

Venez découvrir des pistes à couper le souffle, l'accueil chaleureux de tout un pays et un esprit de camaraderie retrouvée autour d'une course automobile exceptionnelle ! Au dessous une Peugeot 205 GTI

Après une édition 2018 très moyenne (37 partants), le Maroc Historic Rally retrouve une belle liste d’une cinquantaine d’engagés. Parmi les concurrents, plusieurs favoris se dégagent évidemment et notamment Alain Deveza, le tenant du titre, vainqueur d’un joli duel face à Alain Oreille l’an passé. Double vainqueur en 2016 et 2017, Bernard Barille sera clairement à surveiller, tout comme Grégoire De Mevius, vainqueur des deux premières éditions. Du côté des spéciales, six journées de course seront encore au programme pour un total de 365,50 km chronométrés. Les villes de Marrakech et Essaouira seront les « plaques tournantes » de cette édition.

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Verdadeiro renascimento do Rally de Marrocos foi um grande sucesso, mais uma prova do Campeonato Mundial de Rally e que tornou o o Rally Histórico de Marrocos ainda maior, oferecendo aos pilotos um público infantil e adulto num ambiente inigualável.

Os participantes descobriram estradas de tirar o fôlego, a recepção calorosa de um país inteiro e um espírito de camaradagem encontrado em torno dos participantes de uma corrida de carros excepcional

Após uma edição mediana de 2018 (37 participantes ), o Morocco Historic Rally contou com uma boa participação de cerca de cinquenta e seis duplas. Entre os concorrentes, vários favoritos emergentes, obviamente, incluindo Alain Deveza, o atual campeão, vencedor de um bom duelo contra Alain Oreille no ano passado. Duas vezes vencedor em 2016 e 2017, Bernard Barille ficou claramente atento, assim como Grégoire De Mevius, vencedor das duas primeiras edições. foi muito especial, seis dias de corrida que estiveram no programa por um total de 365,50 quilômetros cronometrados. As cidades de Marrakech e Essaouira foram as conexões desta edição.

Marrocos, oficialmente Reino de Marrocos,  em francês: Royaume du Maroc  é um país soberano localizado na região do Magrebe, no norte da África. Geograficamente, Marrocos é caracterizado por um interior montanhoso acidentado, grandes extensões de deserto e um longo litoral ao longo do Oceano Atlântico e do Mar Mediterrâneo.

Marrocos tem uma população de mais de 33,8 milhões de pessoas e uma área de 446.550 quilômetros quadrados. Sua capital é Rabat e a maior cidade é Casablanca. Um poder regional historicamente proeminente, Marrocos tem uma história da independência não compartilhada por seus vizinhos.

E foi neste belo país que aconteceu o X Rali Histórico do Marrocos que reuniu carros, 56 ao todo, de várias marcas europeias e japonesas com equipes, duplas, francesas, belga, italiana, alemã, queniana e mexicana

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Os carros

A preparação dos Porsche 911. Conheça

Um esportivo sempre presente nos bons ralis. Foi campeão em 1970

Renault R5 Turbo que ganhou o campeonato em 1986. Saiba mais

Citroën SM Bandama  Grupo V que participou do Rali Bandama (Costa do Marfim) em 1973. Conheça

Um Talbot Sunbeam Lotus campeão em 1981 nas mãos do finlandês Ari Vatanen

Ford Escort RS MKII que brilhou em ralis na década de 70 e campeão mundial em 1979

Outro Ford Escort RS MKII

Mais um Ford Escort RS MKII

Opel Manta 400 derivado do Ascona B

Um Mazda RX 7 Grupo B. Este carro tem um motor rotativo Wankel

O rival japonês Toyota Celica Twin Cam (duplo comando de válvulas) turbo campeão em 1993 e 1994

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

No percurso

Os nativos acompanham com admiração

Um 911 no posto de controle

E alguns reparos

Momentos do Rali. Participação de Fabricia Pons / co-piloto de Michèle Mouton e Jean Pierre Manzagol / co-piloto Sabrina de Casteli. Veja a página Mulheres & Automóveis

Resultado

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

MERCI A MA COUSINE JACQUELINE CASAMAYOU POUR LE TEXTE ET POUR LES BELLES PHOTOS ICI. MERCI BEAUCOUP!

OBRIGADO À MINHA PRIMA JACQUELINE CASAMAYOU PELO TEXTO E FOTOS PUBLICADAS AQUI. MUITO OBRIGADO!

Texto, tradução e montagem:  Francis Castaings - Demais fotos Jacqueline Casamayou

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.