Caxambu, Minas Gerais - DKW Blue Cloud 2008

A cidade é uma importante estância hidromineral mineira e fica a 365 quilômetros da capital Belo Horizonte, 265 quilômetros do Rio de Janeiro e aproximadamente 300 de São Paulo. Foi entre os dias 6 e 9 de novembro de 2008.

Realizado no Parque das Águas, local muito bonito e repleto de fontes naturais de água mineral, havia cerca de 40 carros equipados com motor de dois tempos. Eram 29 DKW Belcar, Vemaguete, Pracinha e até um cupê alemão azul muito bonito, denominado DKW Sonderklasse de 1957 (Abaixo) , três utilitários Candangos, quatro Malzoni e três Fissore.

Dos “descendentes” constavam 15 Volkswagen Passat de vários anos e versões e Pumas cupês e conversíveis entre eles um raríssimo GT-4R impecável. Abaixo outro modelo alemão interessante. É um F-93 e foi a última parceria entre a empresa alemã fabricante de carrocerias especiais Karmann e a DKW.

Todos os carros estavam em excelente estado de conservação e o sorriso dos proprietários e o bom humor reinavam no simpático encontro.

Os mais notáveis ficaram sobre um belo e grande caramanchão onde o público pode verificar detalhes dessas máquinas maravilhosas que estiveram muito presentes no Brasil dos anos 60. .

O Belcar Nacional

Outro belo exemplar do Belcar. Tinha comprimento de 4,40 metros, largura de 1,69, altura de 1,48 metros e altura livre do solo, 20,7 cm. Seu peso era de 940 quilos,

Este também muito bom!

E mostrando seu motor com três cilindros em linha, motor de dois tempos, três bobinas, arrefecido à água por termossifão. A tampa do radiador tinha duas válvulas que atuavam respectivamente na sobrepressão e no vácuo.  , 2 tempos, a 900 cm³ entre 1958 e 1961 e 981 cm³ a partir de 1961. Robusto e sua potência era de 50 cavalos à 4500 rpm.Era alimentado por um carburador da marca Solex em posição invertida. Foi o primeiro tração dianteira nacional e tinha quatro marchas com alavanca na coluna. Sua velocidade máxima segundo testes da época era de 125 km/h!

O utilitário Candango

O Fissore foi um dos mais belos sedãs da década de 60. Se preço não era muito atraente! Era mais caro que o Willys Interlagos, que o Karmann-Ghia,  Aero-Willys, pouco menos que um Simca Chambrod ou um FNM 2000. Isso em 1965.

O raro GT-Quatro Rodas, Foram fabricados apena quatro pela Puma Veículos

Nos sábado, no Palace Hotel, palestras importantes foram apresentadas aos participantes do encontro. Numa ampla sala foram exibidos vídeos e apresentações num telão por Amauri Mesquita, carioca que foi piloto de várias categorias brasileiras nos anos 60 e 70 e Kiko Malzoni filho de Rino Malzoni pai dos Malzoni DKW. Este modelo Malzoni DKW fez bonito na pista de Laguna Seca, em Monterey, Califórnia, Estados Unidos. Em Laguna Seca, num evento em 1999, a marca Auto Union foi homenageada. E este modelo de Belo horizonte, Minas Gerais, esteve lá!

Visto de trás

Outro muito bonito que estava lá

Houve também uma bela homenagem a Jorge Lettry, chefe do departamento de competições da Vemag. Faleceu em 16 de maio de 2008, aos 78 anos de idade. 

Participaram desta homenagem pilotos da época de ouro do automobilismo nacional. Eram Jan Balder, Bob Sharp, Mario César de Camargo Filho, Amauri Mesquita, Kiko Malzoni, Roberto Nasser, Bird Clemente e o mecânico chefe da equipe Vemag dos anos 60, Miguel Crispim. Uma turma da época de ouro do automobilismo nacional. Foi ótimo!

Neste encontro ímpar compareceram colecionadores do Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Belo Horizonte e de cidades do interior.  Uma festa dos donos de DKW que se repete até os dia atuais. O ultimo foi em 2017 em Poços de Caldas.

Quer um Belcar bravo!

Veja detalhes deste nervoso abaixo. Seus principais concorrentes nas pistas na década de 60 eram o Renault Dauphine e Gordini, o Willys Interlagos, o Simca Chambord, o FNM 2000 e o Volkswagen Karmann-Ghia.

O setor de competições da DKW Brasil chegou a ser elogiada pela matriz alemã pelo desempenho do pequeno DKW em nossas pistas. Os “magos” chegaram a obter pouco mais de 100 cavalos do pequeno motor. O DKW Belcar correu entre 1955 e 1966 chegando a vencer na categoria até 1.300 cm³ as Doze Horas de Interlagos. Nas 1.000 Milhas de Interlagos, o piloto Jan Balder, que estreava na categoria, fez carros bem mais potentes comer poeira. Chegou em terceiro lugar geral em dupla com Emerson Fittipaldi. Jan nasceu em Amsterdã, na Holanda, mas chegou ao Brasil em 1954. E começou  a frequentar as pistas brasileiras fazendo muito sucesso! Em 1969 outro famoso das pistas nacionais, mais conhecido dos amantes da antiga Divisão um com Chevrolet Opala e Ford Maverick, Bob Sharp, correu com um DKW Belcar com carroceria de plástico reforçado com fibra de vidro. Foi em 1969 e a carroceria tinha apêndices aerodinâmicos.

Este muito premiado

O projeto datava de 1940. Os primeiros modelos na Alemanha ganharam as ruas em 1950. Em 1965 foram encerradas as atividades na Alemanha quando a Volkswagen comprou os direitos da Mercedes-Benz que assumiu a fábrica de Düsseldorf em 1962.

Poços de Caldas, Minas Gerais - DKW Blue Cloud 2010

Quatro dias em dois tempos

Localizada no sudoeste mineiro a cidade fica situada em uma região vulcânica já extinta, no sopé da Serra de São Domingos. É bem aconchegante, arquitetura muito interessante, muita mata preservada e atrai turistas de vários estados, principalmente paulistas em todas as épocas do ano. A atividade turística é muito intensa, possui ótimos passeios guiados, restaurantes para todos os gostos e excelentes hotéis. No final de outubro de 2010 foi realizado o 8º Blue Cloud que é o Encontro Nacional dos DKW Vemag. Muito diversificado contou com dois Wartburg, carros que também contam com motores de dois tempos, que eram produzidos na extinta Alemanha Oriental pela IFA, sigla de Industrieverband Fahrzeugbau der DDR. Também vários Malzoni, Puma DKW e Candangos

Foi o VI Encontro Blue Cloud, DKW e seus descendentes, realizado entre os dias 29  de outubro e terminando no dia 1º de novembro de 2010.

Ótimas palestras no hotel e o hino do DKW

Aconteceu no Parque José Affonso Junqueira em frente ao belo e requintado Palace Hotel.

Havia cerca de 40 carros equipados com motor de dois tempos. Eram  DKW Belcar, Vemaguete, Caiçara, Pracinha, jipes Candangos,  Malzoni e Fissore e dois exemplares de épocas diferentes do Wartburg que foram fabricados na antiga Alemanha Oriental.

O primeiro modelo a ser fabricado no Brasil das Indústrias Vemag foi F-91 Universal  lançado em novembro de 1956. O modelo abaixo foi uma nacional, foi a primeira evolução, com nova carroceria que começou a ser adotada em 1958.

A primeira evolução se deu em 1958. Abaixo um modelo 1962

Tanto a Vemaguet quanto ao Belcar, o sedã lançado em 1958, sofriam alterações estéticas neste ano. Estavam mais harmoniosos

Visto de trás. Os carros agradaram os brasileiros

Chamado de Munga na Alemanha, o utilitário Candango chegou aqui em 1958. Saiba mais

Um modelo Vemaguet 1965. Suas portas dianteiras passaram a  ter abertura convencional.

A última Vemaguet a ser fabricada foi em 1967.

O interior caprichado de uma Vemaguet

E o último Belcar, já na versão S, também. Os faróis circulares, com o fim da produção, foram aproveitados nos Volkswagen sedã 1600 quatro portas, TL e Variant em 1971. Veja na matéria sobre a Brasília e os VW citados

Outro Belcar de briga

Observe o motor e a cabine. Não é para principiantes!

O sedã Fissore unia modernidade e luxo. Fissore era uma fábrica de carrocerias fundada pelos irmãos Antonio, Bernardo, Giovanni, e Costanzo Fissore. Ficava na cidade de Savigliano, perto de Torino na região do Piemonte na Itália. Fez belos trabalhos para a Fiat, esportivos Osca, a Suíça Monteverdi e a De Tomaso.

O esportivo Malzoni fez grande sucesso nas ruas e nas pistas

Outro muito interessante

Este é um Puma GT

Seu motor DKW com modificações para se tornar mais veloz

Por dentro muito interessante e bem equipado

O modelo abaixo já tem o logo Puma

Este belo vermelho também

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Visitantes ilustres

O Wartburg 1000 Camping era derivado do sedã 311 que tinha carrocerias com duas e quatro portas, picape e esta interessante perua. Seus modelos foram produzidos em Eisenach na antiga Alemanha Oriental nas década de 50,60 e 70.  Usava a base do DKW, também com motor de três cilindros.

O painel e volante muito interessante

Observe o teto do Wartburg e a ótima visibilidade

Mais "moderno" é o modelo Wartburg 353 S 1976. Este modelo foi produzido entre 1966 e 1991.

Um carro muito interessante e raro no Brasil. Tinha motor com três cilindros em linha, 992 cm³, 50 cavalos à 4.250 rpm e 10 mkgf de torque máximo. Tinha tração dianteira, quatro marchas e velocidade final de 130 km/h. Havia também a versão perua e picape com duas portas.

Outros modelos interessantes que estavam lá

Um pouco de Poços de Caldas

O turismo na cidade é ótimo, há várias tipos de visitas como a fábrica de cristais, cachoeira véu da noiva, parque José Afonso Junqueira, teleférico e Serra São Domingos, Recanto Japonês, fonte dos amores... e uma ótima culinária local. Agradeço ao amigo Emerson Andrade, natural de Poços, pelas ótimas dicas.


Para ler - Clique no livro para acessar

Picapes Chevrolet - Robustez que conquistou o Brasil

Caminhões FNM 

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A História do Automóvel - Três volumes

Uma excelente coleção para quem quer conhecer o mundo ao automóvel é o Box coleção: A História do Automóvel - 3 volumes . O autor é o famoso engenheiro e jornalista José Luiz Vieira um dos responsáveis das edições da antiga revista Motor 3. Estes exemplares citados aqui tem excelente qualidade gráfica e editorial. Vem no formato 19 x 26 x 9 cm. São ao todo 1.320 páginas contando a história de todo automobilismo mundial com muitos textos e fotos. Ele se divide em:

  • Volume 1 - da pré-história a 1908
  • Volume 2 - de 1908 a 1950
  • Volume 3 - de 1950 aos dias atuais

Clique abaixo acessar o site.

Os bons livros da Editora Alaúde. Clique abaixo.

Compre livros de carros nacionais ou estrangeiros na Clique aqui para comprar livros

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A Editora Alaúde fez uma tem ótimos livros sobre os carros brasileiros e estrangeiros. Clique sobre a figura e acesse.

Vários bons títulos.

Ambos em capa dura e são muito ricos em fotos e dados. Clique sobre a figura para acessar.

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Texto, fotos e montagem:  Francis Castaings                      

© Copyright - Site http://www.retroauto.com.br - Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Volte a página principal do site.