Veículos Históricos de Competição – Rali do Vale d’Agout VHC 2022

Veículos Históricos de Competição – Rali do Vale d’Agout VHC 2022

Já se passaram 40 anos desde que os motores rugiram em Brassac sobre o Rio Agout, Sul da França, o Asa (Associação Esportiva Automobilística) dos Vinhedos Tarnais e a Escuderia do Vale d’Agoût organizaram um lindo aniversário em 29 de abril a 1º de maio. Uma corrida com Veículos Históricos de Competição) VHC. A 5ª edição também esteve presente participando. Foi comemorado os 40 anos de aniversário da prova

Para esta edição de 2022, a rota consistiu em duas especiais noturnas no sábado a partir das cidades de Baffignac e Le Bez. No domingo, os competidores correram perto das cidades de Espérausses e Jaladieu.

As provas especiais foram:

• Etapa Especial 1/3/5 Baffignac 11,0 x 3 = 33,00 Quilômetros

• Etapa Especial 2/4/6 Le Viala 15,8 x 3 = 47,40 Quilômetros

• Etapa Especial 7/9 Prades 6,7 x 2 = 13,40 Quilômetros

• Etapa Especial 8/10 Jaladieu 20,9 x 2 = 41,80 Quilômetros

O espetáculo foi total durante todo o fim de semana com um line-up VHC excepcional composto por cerca de vinte equipes, e uma imponente lista de veículos modernos com cerca de 100 veículos. Abaixo um Ford Sierra Cosworth que ficou em quinto lugar.

VHC

Sábado: as coisas sérias começaram no início da tarde com a saída do 1º concorrente de VHC do parque fechado localizado na cidade de Belfortès para a primeira etapa, as especiais de Baffignac (11 Quilômetros) e a de Viala (15,8 Quilômetros). Após a retirada de Lilian CLERC (Alfa Roméo GT V6), 18 VHCs foram autorizados a partir para a 6ª etapa especial do dia! Abaixo um Peugeot 205 Rallye

Belo duelo para os dois protagonistas; O BMW M3 E30 de Jérôme SOCCOL conseguiu 5 dos 6 melhores tempos desta primeira etapa, deixando a estágio especial para o seu principal perseguidor Franck MOREL (Ford Sierra)… por 1,8 segundos! SOCCOL terminou o dia 1:32 minutos à frente do Ford.

Abandono para Lava, o único clássico. Um Austin Morris Mini abaixo

A luta pelo 3º lugar também deu origem a alguns bons duelos entre os BMW M3 de Christophe MONTES e Jean-Christophe DESTRUEL a brincar de gato e rato… e terminando este primeiro dia apenas separados por 22 segundos;

Nota-se a aderência das equipes dos grupos N/A/B nos primeiros lugares da classificação; E em 9º lugar que encontramos o 1º grupo 2 Yann TARDY e a sua BMW; Quanto ao único clássico desta edição de 2022, Aurélien LAVA, ele desistiu após a estágio especial 5.

Domingo: Prades e Jaladieu são os dois na Etapa especial no dia em que percorreram duas vezes; SOCCOL e MOREL refizeram  mesmo cenário do dia anterior, o primeiro impondo o ritmo e terminando esta 2ª etapa com 1,55 minutas na 2ª; O SOCCOL, depois de vencer o Rali de Quercy em 23 de abril, acrescentou mais uma vitória à sua lista; Christophe MONTES (abaixo) lutou bem e manteve o 3º lugar…

deixando DESTRUEL no pé do pódio por 48,5 segundos;

Após várias desistências, apenas uma equipe do grupo 2 Pascal CALVEL e o seu Peugeot 104 ZS (abaixo) permaneceram na disputa, a mais de 20 minutos do líder em 12º lugar.

Pódio Geral VHC (18 largaram / 14 classificados) + groupes Aj/Bj/Nj

•1 202 SOCCOL Jérôme RODOLAUSSE Brice BMW M3 AJ

•2 205 MOREL Franck FORLIN Nicolas Ford Sierra AJ + 01:55.1

•3 203 MONTES Christophe GAMBONI Cédric BMW M3 AJ + 03:40.0 / + 01:44.9

Grupos 1/2/3/4/5

(12) 217 CALVEL Pascal GUGUIN Jean-Louis Peugeot 104 ZS + 23:28.5

Organização: Asa do Vinhedo de e Escuderia do Vala d’Agoût/ Fotos : Sand et Bru.  Fotografias dos Ralis – Fotos 1 : SOCCOL Jérôme RODOLAUSSE Brice BMW M3

ISSO É MUITO MAIS QUE COMPETIÇÃO. É CONSERVAR EMOÇÃO!

A festa dos campeões

E seus carros

E a subida da rampa para a celebração

O filme do Rali

Dados: https://www.newsclassicracing.com/

Texto e montagem Francis Castaings.

© Copyright – Site https://site.retroauto.com.br – Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

Acesse o site Retroauto na versão anterior

Volte a página principal do site