Les 24 Heures du Mans – As 24 horas de Le Mans 2023

Les 24 Heures du Mans – As 24 horas de Le Mans 2023

91ª Edição – 10 e 11 de Junho de 2023. Uma pista centenária. A primeira prova foi em 1923! O Circuito tem 13,629 quilômetros. A reta Hunaudiéres sofreu alterações em 1990. Foram colocados duas chicanes com o objetivo de diminuir a velocidade. Antes dela o Porsche 917 atingiu 385 km/h e em 1988 um WM Peugeot equipado de um motor V6 com 2,8 litros e 850 cavalos cravou 406 km/h!  Neste ano o Ferrari 499P nº 50 cravou 347,8 km/h. E o carro nº 51 ganhou a prova. A 100ª prova terminou com a cor vermelha, rosso, rouge, red, rojo… Abaixo FERRARI AF CORSE nº51 (ITA) Ferrari 499P (HYPERCAR) de Alessandro Pier Guidi (ITA) ,James Calado (GBR) e Antonio Giovinazzi (ITA) e FERRARI AF CORSE 499 P nº51 (ITA) (HYPERCAR) nº50 de Antonio Fuoco (ITA), Miguel Molina (ESP) e Nicklas Nielsen (DNK).

Ao vencer a edição do Centenário das 24 Horas de Le Mans, a Ferrari AF Corse aumenta para dez o número de vitórias na clássica prova. Na lista de fabricantes, a marca italiana continua na terceira posição, atrás da Porsche (19 vitórias) e da Audi (13 sucessos).

A pista centenária

E o troféu

A largada neste ano será no sistema Hyperbole ( Hipérbole),  ou seja, 16 carros na frente do grid das quatro categorias que fizeram seus melhores tempos.

Os outros, mesmo de categorias mais rápidas ficaram atrás. No sábado, às 16h, essas 62 máquinas partiram para 24 horas de competição, sob as ordens do titular/diretor de pista Lebron Jones Grand Marshal


CategoriasLe Mans Hypercar H

Ferrari após 58 anos da vitória de Jean Guichet e Nino Vaccarella numa Ferrari 275 P (abaixo) de 1964 vencedora das 24 Horas de Le Mans ganha em 2023 com Ferrari 499P (HYPERCAR)

Uma décima vitória histórica para a Ferrari

Em Maranello, sede histórica da Ferrari, como manda a tradição, os sinos da igreja tocaram para saudar a vitória do 499P nº51 nas 24 Horas de Le Mans. Após 24 horas de intensa batalha, o fabricante italiano triunfou sobre Toyota, Cadillac, Peugeot, Glickenhaus, Vanwall e Porsche. No sábado, os pilotos enfrentaram péssimas condições meteorológicas enquanto, na garagem, os engenheiros se mobilizavam para traçar uma estratégia vencedora. Mas faltando 25 minutos para o final, toda a equipe prendeu a respiração enquanto o 499P lutava para reiniciar. “Foi muito estressante. Nós tivemos sorte. Quando você vê o carro não dar partida, não dá para ficar feliz”, explica James Calado. “Temos um procedimento para reiniciar o carro e reiniciar todo o sistema. Temos que apertar dois botões ao mesmo tempo. Eu tive que fazer isso duas vezes. Na segunda vez, fiquei um pouco mais à vontade, sabia o que fazer”, acrescenta Alessandro Pier Guidi.

Em segundo ficou Sébastien Buemi, Brendon Hartley e Ryo Hirakawa com o Toyota GR010 Hybrid HYPERCAR nº8

Em terceiro Earl Bamber, Alex Lynn e Richard Westbrook no Cadillac V-Series.R HYPERCAR nº2

Em quarto lugar Sébastien Bourdais, Scott Dixon e Renger van der Zande num Cadillac V-Series.R HYPERCAR nº3

Em quinto lugar Antonio Fuoco, Miguel Molina e Nicklas Nielsen no Ferrari 499P HYPERCAR nº50

Em sexto lugar Ryan Briscoe, Romain Dumas e Olivier Pla num Glickenhaus 007 nº 708 LMH HYPERCAR

Em sétimo lugar ficou Nathanael Berthon, Esteban Gutierrez e Franck Mailleux num Glickenhaus 007 LMH nº709 HYPERCAR

Em oitavo Paul di Resta, Mikkel Jensen e Jean-Eric Vergne num Peugeot 9X8 nº93 HYPERCAR

Em nono lugar Dane Cameron, Michael Christensen, Frederic Makowiecki, Porsche 963 nº5 HYPERCAR

Em décimo Albert Costa, Fabio Luca Scherer, Jakub Smiechowski num Oreca 07 nº34 LMP2

Categorias

Le Mans Hypercar H

DESCRIÇÃO

A partir de 2021, a nova categoria principal de Endurance (Corrida de resistência) , nas 24 Horas de Le Mans, como no Campeonato Mundial de Endurance da FIA, é o Hipercarro. Nesta categoria, serão admitidos dois tipos de automóveis: o LMH (Le Mans Hypercar H – a partir de 2021) e o LMDh (Le Mans Daytona h – a partir de 2022, com entrada em competição a partir de 2022). Em última análise, o objetivo compartilhado pela ACO (Automóvel Clube do Oeste) responsável pela organização da prove, a FIA (Federação Internacional de Automobilismo) e a IMSA (International Motor Sports Association) é permitir que esses dois tipos de carro competirem juntos no FIA WEC (Campeonato Mundial de Endurance da FIA) como no IMSA Weather SportsCar Championship e, portanto, nas 24 Horas de Le Mans como nas 24 Horas de Daytona. Acima o Toyota GR010 híbrido da categoria hípercarro.

OS DOIS TIPOS DE CARRO

Abaixo um Vanwall Vandervell 680

LMH – Em 2021, para o primeiro ano de competição na categoria Hipercarro, apenas carros construídos de acordo com o regulamento técnico do ‘Hipercarro Le Mans’ entrarão na pista. Permitindo uma grande variedade de arquiteturas, este regulamento autoriza notavelmente a presença de um sistema híbrido no eixo dianteiro.

LMDh – Em 2022, os fabricantes que escolheram os regulamentos LMDh terão a oportunidade de entrar na categoria Hypercar. No LMDh, a “espinha dorsal” do carro, correspondente ao carro completo sem motor térmico, carroceria e sistema híbrido, será fornecida por 4 fabricantes de chassis: Dallara, Multimatic, Ligier e Oreca.


REGRAS FIA WEC 2022/2023 HYPERCAR

Glickenhaus, 007 LMH, motor V8 Bi-turbo 3,5 litros caixa X-Track com sete velocidades e tanque de 90 litros

A CATEGORIA EM RESUMO – Protótipo de com carroceira fechada, pilotos profissionais, carros híbridos e não híbridos e hípercarro. Média de volta estimada em 3 “30” 00 . Pneus marca Michelin , Peso: 1.030 kg e potência máxima de 500 KW. Motor Gibson V8 atmosférico com 4,5 litros, 625 cavalos, caixa sequencial com seis velocidades, tanque com capacidade para 75 litros de gasolina


Categoria LMP2 – Abaixo 35 ALPINE ELF TEAM / Oreca 07

O Protótipo 2 “LE MANS” (“LM” P2) possui carroceria  fechada e não requer produção mínima. Como no LMP1, os carros são geralmente projetados especificamente para as 24 Horas de Le Mans, bem como para as corridas do World Endurance Championship (FIA WEC), da European Le Mans Series, da Asian Le Mans Series e da American IMSA atualmente é o Campeonato WeatherTech SportsCar. Os LMP2s são desenvolvidos exclusivamente para corridas em circuitos e estão em conformidade com os regulamentos técnicos da Federação Internacional de Automóvel (FIA).

LMP2 todos eles com motor Gibson V8 atmosférico com 4,2 litros, 600 cavalos, caixa com seis velocidades, tanque com capacidade para 75 litros de gasolina e peso de 930 quilos. Abaixo um Oreca 07 Gibson da categoria European Le Mans Serie

Um novo regulamento técnico para a categoria LM P2 entrou em vigor em 1 de janeiro de 2017 e a partir deste ano, apenas os carros que cumpram com o novo regulamento técnico estão autorizados para as 24 Horas de Le Mans. O preço de venda de um carro novo completo sem o motor e todos os equipamentos eletrônicos aprovados não deve exceder € 483.000. Um fabricante foi selecionado para fornecer chassis: Oreca. enquanto a Gibson é o único fornecedor do motor. Apenas os três primeiros são representados este ano pelos 20 competidores da categoria LMP2 nas 24 Horas de Le Mans.


LMGTE AM

Os carros da GTE ( Porsche 911 RSR, Corvette C8R, Aston Martin Vantage AMR e Ferrari 488 GTE EVO ). O Martin Vantage AMR Ben Keatin ganhou em sua categoria com o carro os nº33 com os pilotos Ben Keating (USA) Henrique Chaves (PRT) Marco Sorensen (DNK). Abaixo o Corvette C8.R da equipe CORVETTE RACING, primeiro da classe chegando em 26º lugar.

Os carros participantes são divididos em duas categorias. A LM significa Le Mans, a LMP Le Mans Protótipo, a GTE Grand Turismo Endurance e a Pro para Profissionais. Motores atmosféricos, gasolina, limitados a 5.500 cm³ e peso máximo 1.245 quilos. Regulamento 2019/2020/2021/2022/2023.

LMGTE AM

Os carros da GTE ( Porsche 911 RSR, Aston Martin Vantage AMR e Ferrari 488 GTE EVO ). O Martin Vantage AMR Ben Keatin ganhou em sua categoria com o carro os nº33 com os pilotos Ben Keating (USA) Henrique Chaves (PRT) Marco Sorensen (DNK). Abaixo um Aston Martin Vantage AMR que chegou em 28º lugar geral

Os carros participantes são divididos em duas categorias. A LM significa Le Mans, a LMP Le Mans Protótipo, a GTE Grand Turismo Endurance e a Pro para Profissionais. Motores atmosféricos, gasolina, limitados a 5.500 cm³ e peso máximo 1.245 quilos. Regulamento 2019/2020/2021. Acima um Aston Martin Vantage AMR

Abaixo um Porsche 911 RSR


Números

O atributo alt desta imagem está vazio. O nome do arquivo é 24-horas-de-Le-Mans-2023-Corrida-11.jpg

10ª – Ao vencer a edição do Centenário das 24 Horas de Le Mans, a Ferrari AF Corse aumenta para dez o número de vitórias na clássica prova. Na lista de fabricantes, a marca italiana continua na terceira posição, atrás da Porsche (19 vitórias) e da Audi (13 sucessos).

4.659,40 – Este é o número de quilômetros percorridos pelo vencedor Ferrari 499P com uma média de 194,1 km/h. Isso representa 342 voltas, ou 38 a menos que em 2022.

3’26”984 – Esta é a volta mais rápida da corrida. É obra de Antonio Fuocco, piloto da Ferrari 499P #50 da Ferrari AF Corse. O piloto italiano corrigiu na volta 306.

35 – Este valor corresponde ao número de mudanças de líder na classificação geral que se registraram durante a prova. Essas reversões envolveram o Toyota GR010 Hybrid #8, a Ferrari 499P #50 e #51, o Cadillac V-Series.R #2, o Peugeot 9X8 #94 e o Porsche 963 #5, #75 e #38.

347,8 km/h – Aqui está a melhor velocidade máxima observada durante esta 91ª edição. Uma velocidade máxima a ser creditada ao Ferrari 499P #50 da Ferrari AF Corse. Ela foi registrada na 279ª rodada. Miguel Molina dirigia o carro.

Aqui estão as maiores velocidades máximas observadas nas outras categorias:

  • LMP2: 324,9 km/h pela Oreca 07-Gibson nº 28 da JOTA e nº 48 da Idec Sport
  • LMGTE Am: 309,1 km/h pela Ferrari 488 GTE Evo #83 de Richard Mille AF Corse
  • Carro Inovador: 312,7 km/h por Hendrick Motorsports #24 Chevrolet Camaro ZL1 pilotado por Jimmie Johnson (USA) Mike Rockenfeller (DEU) Jenson Button (GBR)

22 – Este é o número de desistências registradas no final da corrida. Em 2022, oito foram forçados a se retirar, contra 15 em 2021, dez em 2020, 11 em 2019 e 16 em 2018.

325.000 – É o número de espectadores. Recorde de público nesta edição do Centenário.

As 24 Horas de Le Mans de 2024 acontecerão nos dias 15 e 16 de junho de 2024. A 92ª edição deve reunir um campo como o enduro nunca conheceu.


Chevrolet Camaro da Hendrick Motorsports da equipe Garagem 56

Outro favorito dos fãs foi o Chevrolet Camaro da Hendrick Motorsports da equipe Garagem 56 para carros inovadores. Embora amplamente semelhante ao que compete na NASCAR Cup Series, certamente inspirou curiosidade entre os espectadores. O carro foi compartilhado por Mike Rockenfeller (vencedor das 24 Horas de 2010), Jenson Button (campeão mundial de F1 em 2009) e Jimmie Johnson (sete vezes campeão da NASCAR). Mike Rockenfeller: “O carro foi feito para os fãs. É fabuloso e mal posso esperar para pilotá-lo no circuito de Le Mans.” Jenson Button: “É fantástico. Mais pesado que a média, e ao dirigir você realmente tem que trabalhar duro. É preciso mais esforço. Também é muito poderoso, então acho que nossos tempos estão no ponto.” Jimmie Johnson: “Meu pai me mostrou fotos desta corrida quando eu era criança. Eu imediatamente quis fazer isso. Agora estou aqui e quero tirar o máximo proveito disso.” Chegou na 40ª posição.


A Festa do Centenário da prova 24 Horas de Le Mans 2023 – 100 anos

A celebração

E o circuito

Imagens

A prova mais famosa do mundo

Os Campeões


Patrocinadores


Veja as etapas anteriores

Texto e montagem Francis Castaings – Fotos/Photos: ACO – Automobile Club de l’Ouest                                                       

© Copyright – Site https://site.retroauto.com.br – Todos os direitos reservados. É proibida a reprodução de conteúdo do site sem autorização seja de fotos ou textos.

Acesse o site Retroauto na versão anterior

Volte a página principal do site